18 de mar de 2011

Valéria Polizzi está viva?


Dando uma busca no Google por meu nome, uma das primeiras coisas que aparecem é essa pergunta no Yahoo respostas: “Valéria Polizzi está viva?” No Orkut em comunidades do meu livro Depois daquela viagem, a mesma coisa. Quando apareci dando um depoimento na abertura da novela Viver a vida, em 2009, recebi e-mails carinhosos de leitores: “Valéria, você ainda está viva, que legal!”


 Markus e eu na Áustria 2010

Contei isso a uma médica e ela se assustou. “Nossa, como se eles esperassem que você já tivesse morrido.” Sim, se pararmos para pensar, ninguém comentaria se visse Paulo Coelho hoje na TV: “Nossa, ele está vivo!” Alguém por acaso reencontra um antigo amigo no Facebook e escreve, “Cara que de mais, você ainda vive!” Só se fosse de gozação, né?

Mas no meu caso, sinceramente não me surpreendo nem me incomodo. Sei que a aids foi por muito tempo associada com morte e que as pessoas se surpreendem sim de reencontrar alguém bem, vivendo com o vírus há mais de 20 anos. Mas será que depois de 14 anos da descoberta do coquetel e há tempos os médicos repetindo que ela se tornou uma doença crônica, esse pensamento já não deveria ter mudado?

É claro que ainda se morre por causa da doença. Em muitos países a população não tem acesso gratuito à medicação como no Brasil. E mesmo muitos brasileiros, que têm os remédios à mão, os deixam de tomar por conta própria, ou não os tomam rigorosamente todos os dias, como deve ser.

Se manter vivo com o HIV não é tão fácil como com qualquer outra doença crônica. Passamos por estresses diários, remédios, constantes consultas médicas, exames, cuidados com alimentação, exercícios físicos, efeitos colaterais, depressão... Mas estamos aí para provar que é possível.

Entretanto, ainda hoje, ao receber o resultado HIV positivo, é na morte que muitos pensam. Ano passado um jovem de classe média-alta (ou seja, com acesso à informação) me mandou um e-mail desesperado. Ele havia descoberto há poucas semanas que estava com o vírus, não queria se abrir com a família, tentou suicídio, abandonou o último ano da faculdade de Direito e largou o emprego.

“Parei de ir às aulas por me sentir um zumbi a espera do fim. A sensação é de que nunca mais serei plenamente feliz, como se minha vida estivesse manchada para sempre”, ele me contou. Conversamos muito e não pude deixar de dizer que, para mim, passar por isso em pleno século 21 parece uma enorme perda de tempo – ainda que totalmente compreensível.

Em 1989 quando recebi meu resultado aos dezoitos anos de idade, não havia remédios eficazes. Aí sim congelávamos nossas vidas. Mas com a chegada do coquetel, tivemos de correr atrás dos projetos e sonhos não realizados. E, cá entre nós, olhando para trás vejo o quanto consegui realizar.

Eu que largara uma faculdade aos 20, por achar que não daria tempo de concluí-la, mais tarde retomei e fiz até pós – graduação. Publiquei outros livros. Dei palestras por todo o Brasil e no México. Viajei muito por esse mundo. Aprendi mais quatro línguas: inglês, espanhol, alemão e dialeto austríaco. Saltei de pára-quedas, fiz curso de mergulho, paguei minhas contas. Curti minha família e amigos. Casei, me separei, voltei com meu marido, e como qualquer outro casal, não sabemos o que acontecerá no futuro. Aproveitamos então o presente.

É claro que nem tudo são flores e nesses anos todos houve períodos de grave depressão. Tomo diariamente de 9 a 12 comprimidos, entre coquetel, antidepressivos... Tenho que ter cuidados com a alimentação, praticar exercícios físicos... Mas é possível ter qualidade de vida. E, sim, estou viva, e em fevereiro completei 40 anos.

Quanto ao rapaz que me mandou o e-mail, depois de alguns meses ele voltou a sorrir. Retomou a faculdade e está fazendo terapia. “Continuo com as mesmas ambições, mas agora há outros aspectos mais importantes. Quero ficar perto da minha família, ser menos exigente com as pessoas e mais carinhoso.” Bem vindo de volta à vida, garoto!

173 comentários:

  1. Valéria querida,
    Eu nunca me fiz essa pergunta, mas confesso que fiquei emocionada ao ver seu depoimento na novela e fui te procurar no google. E fiquei mega feliz por encontrar seu blog e passei a segui-lo. Infelizmente a aids ainda é tabu. Há 5 anos um primo muito querido meu foi diagnosticado HIV positivo. Foi um susto para nós da família, mas o pior foi o preconceito que partiu de amigos e conhecidos.
    Queria te dizer que o seu livro foi muito importante para minha família, cheguei a emprestá-lo para minha tia e ela gostou demais.
    Bom, é isso. Tudo de bom nessa vida pra você.

    ResponderExcluir
  2. Pra variar chorei quando li....muito bem..e a foto esta otima. E importante citar que sim voce ta viva e muita mais viva no sentido de vivendo plenament que muita gente que conheco que nao tem nada com que se preoucupar!! Parabens pelos 40..ja ja eu te alcanco.

    Beijos e Saudades
    Pri

    ResponderExcluir
  3. Yes, Pri, logo logo vc me alcanca. E com uma história e tanto de superacoes também. Espero poder comemorarmos juntas nossos 40 aninhos com uma viagem megalegal! A gente merece!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Li seu livro na 6ª ou 7ª serie no colégio, achei muito. Encontrei seu blog por acaso e agora assinei a RSS e tou gostando muito. Parabéns!!!!

    ResponderExcluir
  5. Que bom, Valéria!Para mim, que às vezes duvido do amor entre homem e mulher e vivo momentos de grande pessimismo, é sempre bacana ver depoimentos como o seu.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Uau, sorte a minha que quando eu li o seu livro no ano passado e logo depois pesquisei sobre na internet a primeira opção que encontrei foi seu Blog... fico muito feliz por você, seu livro me ajudou muito, encaro com mais firmeza e coragem meus problemas e inseguranças. Ah... e um dia também serei poliglota, alcançarei você! :D rsrsrs (bobeiras adolescentes,ignore)Já "manjo" no espanhol,e estou aprendendo inglês... bem, mas deixa eu parar de falar besteira! :$ Beijos querida!

    ResponderExcluir
  7. Olá, Valéria... Como já disse estou trabalhando seu livro com meus alunos do 5º ano. E eles também tiveram a mesma curiosidade de saber se você ainda estava viva. E expliquei direitinho toda essa questão que você abordou agora... Mas o que eu realmente gostaria era que você pudesse dar uma palestra para eles. Explicar pessoalmente a eles toda a sua experiência de vida. Sou uma grande admiradora sua, pela sua força de vontade de viver e conquistar ao que os "olhos humanos" parecia impossível....E ser exemplo para aqueles que se descobrem com essa doença e exemplo para não se adquirir a doença... Só por isso você já é mais que vencedora... Como eu faço para trazê-la até minha escola para uma palestra? Beijos...

    ResponderExcluir
  8. Valéria,

    Fiquei muito feliz por ter encontrado seu blog. Estava fazendo uma lista de livros para meus alunos da Fundação Casa e me lembrei do "Depois daquela viagem", que li pela primeira vez ainda na escola.

    Gostei, particularmente, deste último post. No final do ano passado, fui fazer o teste de HIV e fiquei duas horas com a enfermeira tirando todas as minhas dúvidas, que muitas delas eram mais tabus que dúvidas, propriamente.

    Percebi a enorme desinformação que nós brasileiros temos com essa doença.Desinformação que se transforma em preconceito e descaso, mesmo entre aqueles que deveriam ter informação suficiente para serem mais conscientes.

    Penso que isso é muito reflexo das próprias políticas públicas do Governo e como muitas delas não funcionam. Além do senso comum, ainda preconceituoso, da mídia (Li uma matéria sobre a AIDS na revista National Geographic aterrorizante, em que eles dizem que os remédios nada mais são do que o prolongamento do que, fatidicamente, acontecerá - a morte).

    Aqui em Campinas penso que a coisa esteja um pouco melhor porque temos organizações não governamentais, como os grupos NUDU e IDENTIDADE, que trabalham seriamente em escolas, hospitais, festas públicas, etc. Mas, mesmo assim, vi pouca mobilização neste último carnaval. O que me preocupou bastante!

    Parabéns pelo blog, pela luta e continuidade da caminhada!

    Passa lá na meu blog para tomar um cafézinho!

    http://larissalisboa.blogspot.com/

    Abraços,
    Larissa

    ResponderExcluir
  9. Querida isso tambem acontece com quem passou por um cancer, fico pensando no caos que hoje acomete o mundo, tisunamis, guerras, usinas nucleares etc... pessoas cheias de vida que morrem e nao podem nem tentar...Nao queria ter tido o cancer e creio que nem voce a aids, se pararmos para pensar, a hora nao e nossa...e sim do Todo Poderoso. Um beijo!

    ResponderExcluir
  10. Recentemente repassei "depois daquela viagem" para uma garota de 15 anos a moçinha assim como eu não gostava de ler mas ficou paixonada com leitura depois de seu livro, aproveitei pra reler e novamente voce me inspirou, estou aperfeiçoando meu ingles e começarei em julho um curso de frances e tambem acbaei decidindo minha faculdade, acho que xorbitei nas informaçoes, mas queria te agradecer novamente! Preciso te dizer, alem de viva voce me parece super bem, mas com tanto gelo, não sente falta do brasil? a proposito eu ainda tenho vontade de assistir a uma palestra sua, voce ainda dá palestras? um beijo!

    ResponderExcluir
  11. Nao tenho dado palestras pois estou morando na Áustria. Mas fico lisongeada com tantos convites!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeria
      I had to translate this message because you do not know if I would understand in Spanish but want to tell you that at my school told us that we should read a book and all the group we chose. Most of my class because I was that of me? then let us work on the book and wished I had not read it because that kind of book about AIDS because I do not like you just say things I do not understand scientific and why I started reading it today to work fast but when I read I really liked your book and I thought you died because you thought you had little time to seek your bio and saw you were alive. So I want to tell you that look, I need your advice I have 14 years and have never had anyone in my family boyfriend has HIV so it was, I have tendencies to suffer from cancer, cancer is not like HIV, but I also are prone many other diseases, I can suffer from the pressure and had not said anything to my parents but sometimes it hurts the matris I'm sure is not HIV because I have not had sex but like I said I am prone to cancer and wanted to know how tell my parents the cancer is curable in some cases and that your illness is more serious but tell me how decircelos, the problem is that I'm middle class and those treatments are expensive tell me as I tell my parents.
      Daniela A.

      Excluir
    2. Oi Valéria, gostaria nmuito de conhece-la pessoalmente para lhe dar um enorme abraço e dizer: Parabens, vc conseguiu por todo o sofrimento que viveu e deu a volta por cima mostrando que é possivel viver com AIDS, mesmo com preconceitos e metodos de tratamento..
      Tenho muita admiração por vc.
      Gostaria de assistir uma de suas palestras aqui no estado de Santa Catarina,Chapecó,Brasil....
      Mtas felicidades..

      Excluir
  12. Oi Valeria !!! Que bom ter noticias suas e saber que está bem !!!
    Parabéns pelo Blog !!!
    Bjsss
    Ana Izzi !
    htpp://www.fotoretratoearte.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Olá Valeria! Como todo mundo fala, sou mais uma... Que bom saber que você ta bem, ter noticias sua... To com teu livro na minha mesa, sgunda vez que to lendo, adoro ele! Sempre indico pras amigas e elas adoram.
    beeijão linda, se cuida!
    Cíntia Domingos

    ResponderExcluir
  14. Valéria que bom encontrar algo que tenha contato com vc...Procurei vc nas redes sociais pra saber notícias, mas não encontrava, até q pesquisando agora achei....Li seu livro recentemente "Depois daquela viagem"....Achei surpreendente e tão parecido sua história de superação com a minha. Sou soro+ a 8 anos, e recentemente me lembrei de uma palestra sua aqui na minha cidade, então procurei seu livro e comprei. Me inspirou bastante pra dar continuidade ao meu que também será um livro de superação e luta contra o vírus, ao mesmo tempo de ser autobiográfico será tb de auto ajuda para os HIV+.

    TUdo de bom pra vc...e mais Sucesso nos seus empreendimentos!

    ResponderExcluir
  15. Em 2008 quando recebi o resultado de exames de HIV pensei que também que era o fim, sempre quando comento com alguém sobre esse dia digo que foi como um buraco que se abriu em meu chão, daquele momento em diante seria somente esperar meu corpo definhar e aguardar o dia da morte. Como tudo mudou, pareço ter mais vida que antes me sinto, hoje penso que o HIV foi a oportunidade de um novo estilo de vida... Li seu livro na minha adolescencia, foi um dos livros que mais gostei de ler, diagnostiquei HIV com 22 anos, hoje na eminência dos 25 já posso olhar e ver que caminhei muito, muito mais do que esperava no momento do resultado.
    Um grande abraço pra vc, felicidades, muita paz, amor e saúde (que cá pra nós, todos precisamos rs)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. anonimo, tudo bem?
      Gostaria de conversar com voce sobre esse processo de descoberta do vírus e tal, descobri tem 2 semanas e estou ainda em estado de choque.
      se puder, me manda teu msn.
      abraçao e força sempre!
      Pedro

      Excluir
  16. Nossa,que bom saber que você estar bem,eu li seu livro ,e terminei de ler ele a alguns dias a a traz,e fiquei encantada com ele,ele e muito bom,gosto de ler livros assim,de experiências de vida!E adorei poder achar seu Blog,e poder saber que você estar bem,por que lendo seu livro,eu senti como se eu tivesse conhecido você,sabe...como se fôssemos amigas,e quero muito deixar aqui,por escrito que seu livro e MARAVILHOSO *-*

    ResponderExcluir
  17. Olá Valéria. Desde que li seu livro 11 anos atrás, ganhei da minha irmã quando completei 15 anos, tive vontade de conversar com você. Fico muito contente que está bem, aliás sou professora e o livro está emprestado para uma das alunas. Felicidades para você. Beijos Lilian

    ResponderExcluir
  18. Valéria! No dia internacional da mulher, quis fazer uma homenagem especial. Publiquei no meu blog breve vou ler). Meus mais sinceros parabéns, mais uma vez, pelo blog e pela bravura em publicar sobre este assunto! Direta ou indiretamente, você incentiva e valoriza a VIDA, acima de tudo. Desejo-lhe muito sucesso na sua jornada. Se estiver interessada, fique à vontade para visitar meu blog.

    www.amfmtrips.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Oi Valéria,
    Você continua inspirando muita gente. Bom ter notícias suas, ainda que mais ao norte e bem longe. Gatão o teu marido, heim? Beijo saudoso

    ResponderExcluir
  20. Oi Valéria.Confesso que já procurei sim no google notícias a seu respeito para saber o que andava fazendo,afinal,se estava viva mesmo. Vc é um grande exemplo e uma pessoa admirável. Fico muito feliz por tudo estar dando certo para você.Sempre que posso dou uma passada aqui no blog,e como disseram ali em cima, a foto está ótima mesmo!
    Tudo de bom!

    ResponderExcluir
  21. Valéria achei ums versos que me vizeram lembra vc. Já perdoei erros imperdoáveis,
    tentei subistituir pessoas
    insubistituíveis e esquecer
    pessoas inesquecíveis. Já fiz
    coisas por impulso( até muitos
    dramas..rs), já me decepcionei
    com pessoas quando nunca
    pensei me decepcionar, mais
    também decepcionei alguém. Já
    abracei pra proteger, já dei
    risadas quando a vontade era
    mesmo de chorar, fiz amigos
    eternos, amei e fui amado, mais
    também já fui rejeitado. Fui
    amado e não amei. Já gritei e
    pulei de tanta felicidade, já vivi de
    amor e fiz juras eternas “quebrei
    a cara" muitas vezes! Já chorei
    ouvindo músicas e vendo fotos.
    Já liguei só pra escutar uma voz.
    Me apaixonei por um
    sorriso...que sorriso! Já pensei
    que fosse morer de tanta
    saudade. Já tive medo de perder
    alguém especial (e ainda tenho)!
    Mais vivi! E ainda vivo! Da vida
    aprendi que não posso exigir o
    amor de ninguém. Posso, apenas,
    dar boas razões para que
    gostem de mim e ter a paciência
    que a vida faça o resto. Bom
    mesmo é ir a luta com
    determinação, abraçar a vida e
    viver com paixão, perder com
    classe e vencer com ousadia,
    porque o mundo pertence a
    quem se atreve e a vida é MUITO
    para ser insignificante ...by:DIOGO

    ResponderExcluir
  22. Val querida adorei mesmo seu livro muito mesmo...
    me fez refletir sobre o quanto agente simplismente"é humano" e como nso mesmo podemos ser preconceituosos con nos mesmos.
    nunka vou esquecer da tua historia mas val meu nome é Lucas egostaria de saber se o (lucas)que sumiu derrepente do seu livro vc mantem contato com ele ou nao se falam?

    ResponderExcluir
  23. hola valeria la verdad no se si hablas español pero igual te quiero escribri este pequeño comentario. La verdad me encanto tu libro ¿Porque a mi? y lo que mas me gusta es la manera en como sigues adelante . De verdad gracias por transmitirnos a nosotros los adolescentes tu experiencia y te pido mejor dicho te suplico que vengas al Perú y me avices porque me gustaria estar presente en tu charla porque yo se que en mi pais tienes un monton de seguidores y seguidoras.

    te pido que me conetestes esta pregunta con respecto al libro ¿que fue de lucas?

    PD: !GRACIAS POR TODO¡


    CONTESTAME EN MI BLOGGER Y AVISAME CUALQUIERE NOVEDAD

    ResponderExcluir
  24. Val,
    Tenho 13 anos e li seu livro Depois Daquela Viagem. Achei esse único meio de me expressar com você...
    Queria te dar os parabéns, cara, você é demais!
    Você dá uma lição até a si própria. A AIDS, olhando por outro lado, foi boa. Imagino que deve ter sido mesmo uma merda, pelos dias que você teve que ficar no hospital, etc. Mas com ela, você curtiu mais a vida, viajou, curtiu os amigos, vive a vida da maneira que escolheu. Te admiro...
    Onde me informo sobre suas palestras?
    Obrigada por ter mostrado a mim e a muitíssississimas pessoas o que é o melhor a se fazer e o verdadeiro sentido da vida.
    Beijos!
    De: Michelle Fernanda.

    ResponderExcluir
  25. Olá Valéria,que bom ter encontrado um blog seu, gostaria de elogiar teu livro ''Depois Daquela Viagem''. Gostaria dizer também que no ano 2008, eu e amigos fizemos uma peça sobre seu livro citado a cima. Digo- lhe que foi um prazer fazer uma obra baseada em sua história e participar deste teatro. Se você puder mande um Email para mim, que em seguida irei mandar um roteiro do teatro que fizemos.... Boa Tarde! ------------Paulo
    (paulorima007@gmail.com)

    ResponderExcluir
  26. carlos guarulhos sp30 de mar de 2011 20:58:00

    ola valeria vc fez parte da minha juventude , li seu livro quando lançou, era sucesso na escola. na epoca eu morava em muriaé mg nao sei se ja ouviu falar, hj estou com 31 anos e lembrei do meu primeiro livro e fiquei feliz em saber que esta bem, si nao precizava ter saido do brasil, mais entendo seu lado. grandes bjs e fique com deus, s epuder me add no msn so pra eu saber melhor sobre vc...carloscomc_10@hotmail.com

    ResponderExcluir
  27. Olá Valéria!
    Que bom que você está bem e voltou a postar.
    Senti sua falta =)
    Deve ser muito difícil conviver com a aids, mas você é prova viva de que não é impossível.
    Além de ter suas próprias conquistas ainda ajuda outras pessoas que passam pelo mesmo problema. Parabéns pela pessoa que você é...
    É de gente assim que precisamos para mudar o mundo!
    Bjos

    ResponderExcluir
  28. Valeria acabei de reler seu livro e por curiosidade vim ao Google procurar como você está.
    Fico feliz de te encontrar bem, mais de 20 anos depois da notícia.
    Carpen diem!

    ResponderExcluir
  29. Valéria hoje eu apresentei seu livro Depois Daquela Viagem e contei de que se tratava o livro e a lição de vida que tirei todos me aplaudiram e choveu perguntas do tipo: Ela ainda tá viva? Quando eu disse Sim todo mundo ficou impressionado e eu contei a eles que é possivel sim ser portador do virus da AIDS e VIVER e disse uma parte do depoimento da edição 2009 do Depois Daquela Viagem entitulado e a vida continua! Valéria o Depois Daquela Viagem mudou minha vida

    ResponderExcluir
  30. Olha Valéria pelo que estou observando o povo tem curiosidade de saber mais sobre vc!!!!Inclusive eu.....tipo o fez depois de tanto tempo...e suas experiências vivendo como HIV+.
    Acho que vai ter que fazer mais um livro contando o desenrolar da história até hj..rsrsrs.
    Poste mais aqui pra nós que curtimos sua história de VIDA!!!
    Abçs

    ResponderExcluir
  31. Valéria!Estou tentando pela segunda vez um contato contigo.Estou trabalhando o livro"Enquanto estamos crescendo" com os meus alunos e eles estão se identificando muito com as crônicas.Gostaríamos muito de conhecê-la, por isso contatei sua editora.Um grande abraço. marciavolquind@gmail.com

    ResponderExcluir
  32. Oiieeeeee Valeria estou apaixonada por sua historia de vida quero seu email?

    ResponderExcluir
  33. Boa Tarde, Valéria!

    Há dez anos (no mínimo) você fez uma palestra sobre o seu livro "Depois daquela Viagem" em uma escola que eu estudava em Bauru. Adorei a palestra e o seu livro, que aliás tenho até hoje. Hoje sou professora e gostaria muito que você apresentasse uma palestra na escola que leciono. Você ainda realiza essas palestras? Qual o procedimento?

    Abraços,
    Alessandra

    ResponderExcluir
  34. Ai morri! Eu juro que morri!
    Sabe querida, sem querer encontrei seu blog!
    Sou muito sua fan, adoro o seu livro "DEPOIS DAQUELA VIAGEM", sabe eu estudava a 8ª sério do ensino fundamental quando encontrei seu livro na biblioteca da minha escola, eramos 04 amigos e todas de nós queriamos ler o seu livro, pois era o único da biblioteca, então uma lia um pouco, depois outra, eu sei que nessa coisa o livro acabou sumindo e eu só consegui ler o 1º capítulo. Os anos se passarm e eu sempre pensando nesse livro. Dois anos depois me mudei para outro estado e já no final do segundo ano do ensino médio teve uma festinha e os alunos trocaram presente e um menino me deu um livro, por sorte ou sei lá o que, era o livro "DEPOIS DAQUELA VIAGEM". Eu fiquei super feliz, terminei de ler o livro e sempre o releio. Tee adoro!
    Beijos

    ResponderExcluir
  35. Val!!!!!!!!! Você não sabe a felicidade que estou, acabo de descobrir seu Blog! Estou emocionada. Estou lendo seu livro, comecei a um tempo já, e não consigo larga-lo. É um exemplo de vida maravilhoso, que me fez ter forças para enfrentar tudo, ter idéias das quais eu nem imaginava. Fico tão feliz por você. E agradeço sempre por esse livro ter aparecido na minha vida... PARABÉNS!
    sua Fã Vivian Belloto.

    ResponderExcluir
  36. Olá Valéria,

    Sou professora de literatura numa escola particular em Belo Horizonte e esse ano resolvi adotar o seu livro "Depois daquela viagem" com a turma do 9º ano. E pesquisando sobre o livro (que por sinal já li umas três vezes) e sobre você fiquei muito feliz ao achar esse blog. Gostaria de fazer uma proposta para que os meninos pudessem fgzer algumas perguntas para você, ou escrever sobre o que acharam sobre o livro. Será que há essa possibilidade? Se sim, como poderia ocorrer?

    Desde já agradeço pela atenção.

    Abraços,

    Sônia Peres

    ResponderExcluir
  37. Olá Valéria, somos seis alunas da Escola Técnica Cenecista Estância Velha, situada no interior do Rio Grande do Sul.
    Nossa professora de Literatura nos propôs um trabalho sobre sua obra, "Depois daquela viajem". Depois de lermos o livro, montamos um roteiro de filmagem para uma apresentação.
    Queriamos muito que você entrasse em contato conosco pelo seguinte e-mail (ke_tlincaroline@hotmail.com) pois queriamos saber mais sobre as consequencias que a AIDS lhe trouxe para incrementar no nosso trabalho. E quem sabe, até conseguirmos um contato mais próximo..
    Aguardamos!

    Atenciosamente:
    Cibele, Fabíola, Gabriela, Kétlin, Mayara e Thais

    ResponderExcluir
  38. Valéria, comecei a ler seu livro ontem e parei só hoje de manhã quando acabei de ler, matei minha aula de cursinho! Pesquisei sobre você e fiquei muito feliz de saber que você também é uma blogueira, antes de achá-lo tinha até publicado um trecho do seu livro no meu blog! Também quero fazer jornalismo, e tenho certeza que assim como eu, muitos outros jovens se inspiram em você. "Nunca deixe de sorrir", aprendi contigo! :D
    Beijos, sucesso!

    ResponderExcluir
  39. Oi Val, depois que li teu livro "Depois daquela viagem" fiquei muito curiosa em saber como tu estavas e fiquei muito feliz em saber que tu estás bem, tendo já se formado em jornalismo, dando palestras, publicando teus livros, curtindo cada vez mais a vida. Te admiro demais pela tua determinação em pôr em prática teus objetivos.
    Bjs

    ResponderExcluir
  40. Boa Noite Valéria,

    estava no face e vi em um dos meus contatos o link apenas como nome do seu livro. Reconheci o nome, mas sem saber exatamente do que se tratava e fui buscar no google.

    Foi um grande prazer constatar que era o seu livro, o qual foi adotado em minha escola na minha adolescência e lembro que o li em um ou dois dias.

    Sua lição de vida é fabulosa.

    Meus parabéns pela sua personalidade, atitude e por publicar este livro que com certeza ajudou a muita gente, soropositiva ou não.

    Mauro.

    ResponderExcluir
  41. Oie Valéria
    Hoje acabei de ler seu livro, Depois daquela viagem, e achei o máximo. Fiquei super curiosa pra saber se você estaria bem, pois ao final do livro só conta até 2004. Achei você um exemplo de pessoa que nunca desiste da vida, pois vemos mundo a fora pessoas com problemas que podem ser resolvidos e você mesmo sem saber aonde ia chegar, mesmo com suas duvidas você continuou lutanto para chegar onde chegou e ir até mais além do que você mesmo imaginou.
    Te desejo toda felicidade do mundo, e pode ter certeza que sua história significou muito em minha vida, apesar de não te conhecer pessoalmente te admiro.
    Obrigada pela bela lição que você deu tanto as pessoas que possuem a doença tanto para aquelas que nem se quer sabem o que é aids.
    Parebéns pela sua força de vontade de viver e boa sorte daqui pra frente que você tenha mais 60 anos de vida para mostrar a todos que mesmo tendo HIV você foi capaz de chegar aonde chegou.

    Beijos!!!

    Jéssica (16anos) - RJ

    ResponderExcluir
  42. Caroline Mota Mendonça17 de abr de 2011 08:30:00

    Oi Val,só quero te dizer q vc é uma pessoa muito especial,que varias vezes chorei e ri lendo o seu livro e fico muuuuuuuuuuuuito feliz em saber q esta bem.Li seu livro pela primeira vez quando tinha 16 anos e não me conformei,te confeço q fiquei meio depressíva,por nao ter sido um engano,como o medico desconfiava,só depois cai em mim "se tivesse sido um erro simplesmente vc nao teria escrito o livro",tive muita raiva do seu ex-namorado.Te adoro,vc é demais e parabens,vc é uma pessoa muito forte e corajosa.Até mais,um beijao.

    ResponderExcluir
  43. nossa valéria nem acredito que te encontrei, quando li seu livro achei super interessante, gostei muito, quando peguei ele pra le no meu colegio nao sabia o que pegar, dai a bibliotecaria me falo dele, dai eu peguei pra le, e nossa eu ameeeeei, depois que eu li ele, procuerei voce em tudo até que achei seu blog, nossa e nem acredito que eu to escrevendo pra voce agora, bom queria dize que eu te adimiro muito, e me arrependo de nao te lido o livro antes, ele abriu meus olhos pra certas coisas,é isso ! tudo de bom pra voce, **:

    ResponderExcluir
  44. oi valéria eu ja tinha lido seu primeiro livro a algum tempo atraz mas como tenho um problema de esquecimento tive que rele-lo totalmente pra lembrar da sua história.fiquei feliz hj quando acordei as 5 e 50 e acabei de ler e tive a vontade de vir aqui no computador pra saber noticias suas.fico feliz que vc esteja bem e que continua a ajudar as pessoas .Eu sofro de hipotireoidismo,depressao e transtorno bipolar e isso me causa muito sofrimento e ja pensei em desistir de tudo algumas veses,mas nesse momento estou muito bem e feliz,principalmente por saber que vc esta ai viva e bem...peço a Deus que te de muita força e que continue dando exemplos de vida como acabou de fazer a mim.bjos e tudo de bom a vc!

    ResponderExcluir
  45. Valéria! Seu livro faz parte da minha história, li quando tinha uns 13 anos, hj tenho 20 mas sempre quando me perguntam "qual livro te marcou?' eu nem penso duas vezes: DEPOIS DAQUELA VIAGEM. Devo ter lido ao menos umas 5 vezes! Sei que vc fez Jornalismo, e que interessante, temos isso em comum. Ainda curso a faculdade. Devo apresentar na semana que vem um nome como sugestão para fazer uma entrevista ping-pong. E gostaria muito te entrevistar. Poderíamos? Seria por email, já que moro em Brasília. Vou deixar meu contato e aguardo ansiosamente o retorno. Te adoro! (fernanda.faleiron@gmail.com)

    ResponderExcluir
  46. Olá Valéria!

    Estou lendo seu livro "Depois daquela viagem". Já ouvi falar dele, mas só o comprei em fevereiro desse ano.

    O livro começa em 1986, quando eu nasci, e eu acho super legal ver que a AIDS hoje tomou o estado de "doença crônica", em vez de doença mortal.

    Você, mesmo com AIDS, conseguiu e consegue viver o tanto que eu já vivi até hoje. Acho isso super motivador, pois pessoas sem doenças crônicas mtas vezes fraquejam, enquanto há outras como você, que mesmo convivendo com a AIDS há mais de 20 anos, fazem o que tem pra ser feito.

    Ouvi uma frase uma vez, que diz: "A vida não é um enigma a ser decifrado, mas um mistério a ser vivido". Todos nós somos mortais, todos - com AIDS, sem AIDS, e nessas horas eu penso que nossa maior posse é o "hoje". E é vivendo o "hoje" que um dia vamos olhar para trás e vermos que vivemos de verdade.

    Fico muito feliz que aquela jovem de 22 anos que pensava em se jogar num abismo nos EUA, hoje esteja com 40 anos e vivendo tudo que há pra viver.

    Abração!

    ResponderExcluir
  47. Oi, Valéria! Li "Depois Daquela Viagem" recentemente e adorei! Fiquei curioso para saber como estaria vc hoje e quando li seu post aqui fiquei muito feliz! Sou seu fã! Bjão! :)

    ResponderExcluir
  48. ooooi Valéria !
    Nossa desculpe dizer mais muitos se perguntavam se você está viva, e isso se torna muito emocionante,tenho 14 anos estou no 9° ano minha professora de Português recomendou o seu livro Depois Daquela Viajem. Queríamos muito um contato com você,agora que sabemos que estas mesmo viva.
    Beijos,se tiver algum contado nos informe.

    ResponderExcluir
  49. Olá Valéria :)
    Um dos meus livros favoritos e se não me engano o primeiro que li é o "Depois daquela viagem".
    Você é uma ótima escritora, parabéns pelo seu talento.

    Beijos, Suzanny.

    ResponderExcluir
  50. sabe valéria quado li o seu livro fiquei muito pensativa sobre como é a vida e de como muita vezes somos maus agradecidos. adapitei a sua historia em outros prblemas da vida, que as vezes nos leva achar que a vida acabou e nada pode fazer agente feliz outra vez,que se encararmos esses problemas da mesma forma que voce encarou com certeza o mundo de todos sera bem mais florido.
    um grande beijo de em muito te adimira. Andréia.

    ResponderExcluir
  51. Valéria, eu e meus colegas de classe estivemos lendo e debatendo sobre seu livro "Depois daquela viagem" como livro paradidático, e os debates ocorriam durante as aulas de português, queria que soubesse que adoramos o seu livro. Como projeto das aulas de língua portuguesa tivemos que criar blogs para postar trabalhos e redações, não somente de Língua portuguesa como também de todas as outras matérias. E deveremos postar, assim que o professor nos devolver, textos, com críticas de seu livro espero que você os leia. Beijo Rebecca de Brasília

    ResponderExcluir
  52. Valéria Obrigado!!!!!

    DEMOREI PARA ESCREVER, MAS, HOJE ESCREVO COM LÁGRIMAS DE FELICIDADE NOS OLHOS....
    ESTOU VIVO COM O HIV!!
    ISSO ME FAZ BEM!!!
    PODE PARECER MALUCO, MAS, NÃO DEIXARIA DE TER HIV....
    SE PUDESSE VOLTAR ATRÁS NÃO MUDARIA ISSO....
    O HIV, ME TROUXE AMIGOS COM HIV, ME FEZ ENXERGAR A VIDA MELHOR....
    NÃO SOU ATIVISTA DO HIV...
    MANTENHO MINHA PRIVACIDADE...
    MAS, ADMIRO SUA CORAGEM...
    SEU LIVRO FOI FUNDAMENTAL PARA MIM...
    LI ELE 2 VEZES ANTES DE SABER SE TINHA...
    TENHO HIV, DESDE 2003 E NUNCA SOFRI E NEM FIQUEI DOENTE!!!
    VIVO BEM MESMO!!
    OBRIGADO PELO SEU LIVRO TER ME AJUDADO, A ENTENDER QUE AIDS NÃO É SENTENÇA DE MORTE HOJE....
    AMO TANTO VOCÊ...
    ANTES ACHAVA QUE SÓ GAYS TINHAM...
    POR SER HOMOSSEXUAL, TINHA MEDO DA AIDS...
    HOJE LUTO PELO NÃO AO PRECONCEITO COM HOMOSSEXUAIS...
    SOU GAY ASSUMIDO...
    AINDA QUANDO VOCÊ É GAY E TEM AIDS...É GRANDE O PRECONCEITO!
    PARECE QUE PARA MUITOS SÓ GAYS TEM...
    COM RELAÇÃO AO HIV, AJUDO MUITO AS PESSOAS QUE DESCOBREM E ATRAVES DO MEU ORKUT OU MSN, PEDEM AJUDA!...
    SÓ NÃO MOSTRO A MINHA CARA PARA TODOS COMO SOROPOSITIVO...
    PODE PARECER FRAQUEZA...MAS, CADA UM TEM SUA MISSÃO!
    A MINHA MISSÃO, NO MOMENTO, É MOSTRAR A CARA PARA TODOS , COM RELAÇÃO A HOMOSSEXUALIDADE....
    E O HIV, AJUDAR QUEM APARECER NA INTERNET, PEDINDO UM "HELP"....
    A MAIORIA DE NÓS SORO+ NÃO ASSUMIMOS PARA TODOS...
    PORÉM ACHO BACANA UM SORO+ AJUDAR O OUTRO...
    NOSSA QUERO MUITO ACREDITAR QUE ESSE BLOG É SEU..
    TENHO UMA FOTO NO MEU ORKUT SUA...
    MEU ORKUT É : THEO SOROPOSITIVO, ESSE É O TÍTULO...
    SUA CORAGEM DE MOSTRAR A CARA.....SALVOU E SALVA VIDAS...!
    VOCÊ É LINDA!!!!!
    CHOREI COM SEU DEPOIMENTO NA NOVELA , VIVER A VIDA....
    ASSIM COMO CHORO AGORA!
    TEM TANTOS FAKES DE VOCÊ! SRSRSRSRS
    POR QUE VOCÊ É MUITO ADMIRADA....
    AMO VOCÊ AMIGA E OBRIGADO POR EXISTIR....
    MEU MSN À VOCÊ E A QUEM QUISER: anjinho_theo@hotmail.com
    SUCESSO!

    ResponderExcluir
  53. Bom,Valéria li seu livro por uma recomendação da escola,eu achei incrível! Principalmente por você ser bem parecida comigo, meu justiceira.Não tenho AIDS e nem conheço ningem que tenha,mas estou meio perdida assim como você estava, pelo fato de eu ser "meio" Incompreensível, tá muito Incompreensível, gostaria de ter a oportunidade de conversar com vc, meu e-mail é memenogueira@hotmail.com
    Obrigada!!

    ResponderExcluir
  54. Valériaaaaaaaaaaa, cara to APAIXONADA com toda a sua historia de vida, to lendo seu livro e ja ri tanto e ja chorei tb, vce é foda ;D vou comprar todos os seus livros e qero ler todos, to viciada em vce e to muitooo, ja tive vontade de entrar dentro do livro varias vezes cara! kkkkkkkkkkk
    voce tem qe escrever mais, e muito mais ainda!

    ResponderExcluir
  55. Valéria
    Acabei de ganhar de meu sobrinho que tem 22 anos formado recentemente em engenhria civil todos os seus livros que sua escola de segundo grau sugeriu para que eles lessem.
    Estou lendo todos. Dentre eles o seu livro.
    Depois daquela viagem e também por curiosidade quis saber se esta viva. Que horror!
    E encontrei a aqui.
    Gostei muito de seu livro e da maneira como escreve.
    Hoje em dia compro livro e não guardo como fazia meus pais. Passo pra frente!
    Vou presentear para o meu outro sobrinho. Tobias e Afranio!
    Fiquei muito feliz de encontra-la
    com carinho Monica

    ResponderExcluir
  56. Olá Valéria
    assisti uma palestra sua a alguns anos na escola, guardo com carinho essa lembrança...fiquei emocionada ao achar seu blog.Sua coragem deve servir de exemplo!!!!
    Bjão com carinho
    Marcela

    ResponderExcluir
  57. Ola Valéria.

    Também procurei muitas informações sobre vc quando me descobri portador do hiv.

    No segundo dia em que fiquei sabendo sobre meu diagnostico, aos 44 anos, depois de uma vida em que sempre me preservei, conversando com um amigo na net portador do hiv ele me indicou o seu livro, também o li em dois dias, chorava e lia ao mesmo tempo (agora estou chorando também, mas de felicidade por ter encontrado noticias tão recentes sobre você)e tudo sozinho pois até hoje ninguem sabe da minha condição, nem amigos e nem familia. gostaria muito de manter contato com vc se pudesse passar seu email.
    Força e continue viva por muitos anos com essa mensagem positiva que sempre passou, apesar de todas as pedras que teve que tirar de seu caminho.
    beijão e muito carinho, saúde e paz para vc.

    Ronaldo

    ResponderExcluir
  58. HI
    LI SEU LIVRO HÁ MUITOS ANOS ATRAS...NEM LEMBRO QUANDO FOI MAS DE VOCE E SUA HISTORIA SIM...LI VARIAS CRONICAS SUAS NA REVISTA ATREVIDA...E HOJE RESOLVI PESQUISAR SOBRE VOCE NO GOOGLE...QUERIA SABER ONDE ANDAVA AQUELA ESCRITORA TÃO FORTE COM UMA VONTADE IMENSA DE VIVER...SEMPRE DESEJEI QUE ESTIVESSE AI ONDE ESTÁ...VIVA E COM SEU AMOR...O LIVRO GUARDO E RECOMENDO ATÉ HOJE...SAUDADES SEMPRE SENTI MAS AGORA ACHEI SEU BLOG PARA LER O QUE ESCREVE COM TANTA SUTILEZA E RIQUEZA DE DETALHES QUE NOS TRANSPORTAM PARA DENTRO DA HISTÓRIA SEJA FALANDO DE AIDS, POLÍTICA, DO GELO, OU DO ACASO...
    PARABÉNS PELO BLOG E CONTINUE ESCREVENDO PRA GENTE PORQUE O BRASIL TE AMA MUITO MESMO AQUELES QUE NUNCA TE VIRAM PESSOALMENTE MAS CONHECEM VOCE ATRAVES DO SEU LIVRO QUE DESVENDA SUA ALMA DE MENINA GUERREIRA QUE VIVE A VIDA COMO ELA É ...
    FORÇA SEMPRE!!!

    ResponderExcluir
  59. Estou lendo o livro e a cada capitulo me surpreendo com sua força e coragem sua vida vai seguir em frente como a te todos nos porque afinal de contas somos tos turistas do mesmo navio.

    ResponderExcluir
  60. Valériaaaa,

    Li seu post todo mais tenho q falar: QUE BOM QUE VOCÊ ESTÁ VIVA!!!!!!!!!!!!!!

    Li seu livro "Depois daquela viagem" aos 15 anos e me apaixonei por sua história. Nunca quis tanto conhecer e conversar com uma autora como eu quis com vc. A parte do livro que mais me emocionei foi a que você estava em uma colina(acho) contando a um amigo a sua historia. Sei que para você talvez já esteja batido tantos comentários de pessoas que tem um enorme carinho por você. Mas eu estou muito feliz em encontrar este blog. Muito carinhooooooooo.

    ResponderExcluir
  61. Hola valeria!!
    Soy yo de nuevo dayanne lozano de colombia no sabia que tubieras un blog esta muy bueno.. y de nuevo gracias por compartir un poco de tu valentia con el mundo y enseñarnoz lo valiosa que es la vida aun con sus cosas malas.... y obvio que estas viva que pregunta es esa ??quien la pudo haber hecho?? Nose lo unico es que nuestra heroina debe sobrevivir para seguir enseñandonos muchisimas cosas importantes me encantaria asistir a una de tus conferencias estoy en 10° 15 años y en el colegio casi ni nos hablan de eso en fin gracias por todo repito nuevamente chao!!

    ResponderExcluir
  62. Es sùper saber que sigues luchando porque después de leer la parte final de tu libro no pude contener las lágrimas, era como si ya no pudiera felicitarte por tu empeño y que el libro habìa llegado a mí muy tarde. Esa imagen de una joven jugando entre los libros en una gran biblioteca la tengo marcada como un hermoso dibujo. Viva la vida.

    ResponderExcluir
  63. A vida é linda, é disso que você fala.

    Simplesmente Vida*

    ResponderExcluir
  64. Valeria... Ou Val (Apos ler seu livro eh dificil nao se sentir intima... :)

    Comecei a ler seu livro bem por acaso, pedi um livro emprestado ao meu namorado para ler e passar o tempo, e eis que sem muito porque escolhi o seu. Ao começar a ler, as vezes confesso que te achava meio ''carrancuda'' mas fui continuando e vi que na verdade voce simplesmente tinha uma qualidade bem rara alias : ser sincera ! E quer saber ? cara, eu me apaixonei por voce, serio ! Te achei o maximo e como muitos, aprendi demais com voce. Voce tratou da aids, mas seu exemplo vale para todos os problemas que existem na vida de cada um e muitas vezes pensamos em desistir de tudo por conta de tal, ao invez de lutar-mos e crescer-mos. Agora eu sei que vale a pena lutar ! ;)
    Agora, me envergonhei bastante ao ler este depoimento pois realmente a primeira coisa que fiz apos ler o livro em pleno seculo 21 foi procurar saber se estaria viva aquela garota que me fez tao bem, e percebi o quanto na verdade nao sabia nada sobre o virus HIV.
    Mas eh isso ai, parabens por tudo, arrazou !

    Beijos carinhosos,
    Debora (17 anos, e agora mais crescida ainda ! ;)

    ResponderExcluir
  65. Valéria.
    tou amando lê seu livro você tem uma baita experiencia de vida..
    Estou no 1° ano do segundo grau ,e minha professora de redação,português e literatura sempre quando vamos fazer prova ela manda os alunos comprar livros indicados por ela pra fazer prova,a partir dai naum conhecia o seu livro e nem sua história de vida ,dai um dia a minha professora chegou na sala e disse q agente ia lê agora "DEPOIS DAQUELA VIAGEM" ,ai surgiram varias perguntas na sala sobre oq era?do que se tratava? Perguntas desse tipo...
    Quando estou lendo seu livro é como se o mundo parasse ao meu redor,e fico pensando ja ta perto de acabar =/
    Ja me peguei varias vezes rindo e chorando quando leio seu livro.(Até meus pais se assustam)(risos)
    Ate minha irmã q nem gosta de lê quando ela leu seu livro ela naum consegui mais parar...
    fiquei muito entereçada em seu livro,e vou comprar os outros tambem =D
    queria muito conhecela ,e q você fosse na minha escola dá uma palesta ,mais como você naum se encontra no Brasil(mais espero q um dia meu sonho se realize).Quando fui pesquisar no google sobre você a primeira coisa q vi foi seu blog ,fiquei tão feliz, mais tão feliz ...
    Estou muito feliz por você estar bem =D
    E desejo tudo de bom e de melhor pra você'
    Com vooc aprendi a não dezistir de um sonho e da vida que oq temos de mais importante.
    (espero um dia conhecela )
    Beijoos'

    Vitória Guedes(14 anos,Goiana-PE)

    ResponderExcluir
  66. Olá Valéria!Só tenho a lhe fazer elogios...
    Embora tardiamente tenha entrado em contato com o seu livro "Depois daquela viagem", fiquei impressionada com a maneira que ainda são visualizados os portadores do vírus HIV em nossa sociedade, por isso resolvi fazer minha monografia em Direito sobre este tema, principalmente voltado a AIDS nos relacionamentos afetivos...no final do ano passado apresentei a minha monografia e minha nota foi um dez, na fundamentação da escolha do meu tema, citei seu nome...sobre a maneira que aborda o tema e esclarece de forma tão didática sobre o vírus.Sou sua fã, Val!
    Rafaela

    ResponderExcluir
  67. valeria, meu nome e ALEXANDRA, tenho 27 anos e ha 5 anos descobri que sou portadora do vírus,tenho dois filhos e na minha segunda gestação descobri, mais pela benção de DEUS minha filhinha não tem, meu maior sonho era morrer logo pra não dar sofrimento para quem eu amava, mais agora meus sonhos são outros, comprar minha casa e meu carro, não pra mim, mais pra quando eu se for deixar pros meus filhos. sou solteira e a unica coisa que falta e um homem que me aceite e que me ame do jeito que sou.Ainda não tomo remédios.......que bom né.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vc tem algum e-mail alexandra me passa ou me add em algum para eu e vc possa convessar melhor bjsss antes q me eskeça me chamo guilheme
      meu orkut guilhermehenrique741@hotmail.com
      meu msn guilhermehenriquesantos22@hotmail.com
      meu g-mail guilhermead2s2@gmail.com
      meu e-mail guilherme@vhiver.org.br
      meu facebook guilhermehenriquesantos22@hotmail.com
      bjjsss
      espero respostas !!!!!

      Excluir
  68. Olá Valéria, estou muito feliz em saber que você estar bem,não tenho aids, mais sempre que falo ou debato sobre o assunto, cito voc~e como referencia de superação mesmo sem saber por onde você andava e como estava. Lhe seu livro quando adolescente na escola, eu gostei tanto que tirei a maior nota da sala no resumo do livro e até hoje guardo os dois juntos(livro/resumo) como se fosse uma reliquía, há as partes que mais gosto do livro são as viagens para Corumbá, na época eu mim imaginava fazendo a mesma zona nas minhas viagens, mais a idade não deixava hoje mais velha, pude curtir e sentir algo parecido do que você descrevia no livro.
    Um grande abraço
    Josefa

    ResponderExcluir
  69. Oi valeria meu nome é ketlyn tenho 26 anos moro no paraná nunca gostei de ler muito minha irma me emprestou um livro perguntando seu lembrava do tempo da escola,eu peguei aquele livro e comecei a ler o seu depois daquela viajem me emocionei com a sua garra força de vontade é uma licão de vida adorei o mesmo livro que na escola ja tinha visto,agora posso diser que vc me fez ver quer ler é maravilhoso parecia que estava ali passando tudo com vc .obrigada bjs

    ResponderExcluir
  70. Nossa Valeria!!! nem acredito q te encontrei....Li seu livro no ano de 2003 por indicação de uma amiga no qual vc teria feito uma palestra na escola dela e ate autografou o livro dela amei pois li e reli varias vezes... passado algum tempo vi as suas publicações na atrevida e assinei so para te acompanhar... passado mais algum tempo chorei qdo vi seu depo na novela e hj por curiosidade resolvi pesquisar seu nome no google e q surpresa achei seu blog ... Sempre indico seu livro para varias pessoas e gostaria de ter o seu livro "Depois Daquela Viagem" autografado se possivel entre em contato comigo via email: natalia_mk16@hotmail.com te adoro muito bjos de sua seguidora Natalia M. Kuhn

    ResponderExcluir
  71. Olá Valéria, meu nome é Gisele, tenho 24 anos. Li o seu livro pela primeira vez aos 15 anos e desde de então nunca mais te esqueci. A vontade que tinha era de ir correndo atrás de você, te procurar, te abraçar! Já havia procurado por você varias vezes no google e não encontrava noticias recentes e hoje para mim foi uma alegria muito grande encontrar seu blog e saber que você está bem. Sei que você já pode ter ouvido isto de muitas pessoas, mas você marcou a minha vida de maneira muito positiva. Um grande abraço, que o Senhor Jesus te abençoe sempre.
    Gisele.

    ResponderExcluir
  72. Nossa Valéria que bom saber que está bem, você foi marcante em minha adolescência e agora faz parte da adolescência dos meus filhos, guardei com muito carinho seu livro e dei de presente ao meu filho mais velho. Obrigada bjs
    Janaina

    ResponderExcluir
  73. Oi Valéria, será que vc vai ler esse post?? São tantos, né... Mas espero que leia. Bom ganhei seu livro quando estava na 7° série, em 2002, li, depois reli no colegial, em 2004. No início deste ano li novamente e me pareceu outro livro. Cursei biomedicina e lido diariamente com pacientes HIV, fazendo coleta, contagem de CD4 CD8. Sempre quando encontro com esses pacientes é de vc que me lembro, da maneira com que vc descreve os profissionais de saúde que a acompanhava. Eu te admiro tanto. Hoje tenho 22 anos, sua idade quando escreveu o livro! Sempre pego ela na estante e releio alguns trechos, sempre choro quando descreve sua infância, quando fica sabendo no carro pelo seu pai do resultado dos exames, mas principalmente quando o livro acaba... A gente te conhece tão por dentro, e depois se despede, dá vontade de sempre saber mais e mais de sua vida! Bjos, Fica com Deus, e continue sorrindo!!

    ResponderExcluir
  74. Show Valéria !!! Adorei seus comentários !!! Atualmente estou lendo "Depois Daquela Viagem" e encontrei nele uma lição de vida. Tenho 31 anos, sou casado e pai de uma garotinha de 4 anos. Sua história me tocou e curti ter te achado aqui na net... Vou comentar bastante !!! Abs !!! Fernando

    ResponderExcluir
  75. Valeria

    Acabei de ler o seu livro, com certeza vou dar este livro a minha sobrinha quando ela aprender a ler e para meus filhos se um dia tiver um..
    Assim como vc viajei muito, morei nos USA, Italia e Inglaterra, amo viajar e conhecer pessoas, na minha primeira relacao sexual peguei HPV, nada tao serio como o HIV, mas gostaria de ter lido este livro antes..
    Obrigada pelo seu livro, com certeza vou ter muito mais cuidado a partir de hj, este livro deveria ser leitura obrigatoria nas escolas!!

    ResponderExcluir
  76. Querida Valéria,
    há muitos anos ouvi falar de você. Li seu livro muito antes de fazer sexo, namorar ou até beijar mas não sabe como ler sua história foi importante para mim. Sua história é delicada e com certeza muitas vezes triste mas eu vejo que seu final é feliz e isso muito me alegra!
    Parabéns pela suas conquistas, por espalhar seu encantamento através de seus livros e principalmente mostrar a sua vitória diante de uma batalha que pode ser considerada das mais cruéis!

    Você estar viva não é surpresa para mim, mas vê-la realmente bem é maravilhoso!

    Tudo de bom para você!!

    ResponderExcluir
  77. Valéria,

    Que prazer te reencontrar! Ler seu livro é uma das lembranças mais fortes que guardo da minha adolescência. Foi em 1998, eu tinha 15 anos e minha escola o adotou. Você fez uma palestra lá para a gente. Hoje, não sei porque, me bateu a curiosidade de procurar seu nome na internet. Fiquei muito feliz em te achar não só viva, mas ativa, feliz, bem, enfrentando tudo de peito aberto. Afinal, existir é mesmo matar um leão por dia, e, como disse Guimarães Rosa, o que a vida quer da gente é coragem. Tendo ela, todo o resto sai bem e quase nada nos assusta. Beijos e tudo de bom ... fique com Deus!

    ResponderExcluir
  78. Valeria yo no hablo portugues, hablo español, soy de Perú . Hace una semana empecé a leer tu libro y hoy lo acabe y me ha gustado demasiado sobretodo tu manera de pensar, espero estes bien y si puedes responde porfavor! me encantaria hablar contigo enserio dame un correo o algo porque te digo la verdad tu libro se ha convertido en mi favorito.

    ResponderExcluir
  79. Valéria, sou professora de português no interior de Minas e vamos fazer um trabalho de leitura com o seu livro "Depois daquela viagem". Como fazer pra ter um contato com vc? Sei que mora na Áustria, mas poderíamos conversar por e-mail. Aguardo vc. Bjs.

    ResponderExcluir
  80. MILAGROS:

    Ola señora valéria yo me llamo milagros soy una adolescente de PERU,tengo 16 años y en mi colegio me pidieron qe leyera un libro interesante y de alli tenia que exponerlo.
    fui a una tienda de libros junto a mi enamorado para ver que obra podia escoger y derepente mi mirada dio al libro de usted, el titulo de su libro me intereso bastante "¿POR QUÉ A MÍ?".lo compre y me puse a leerlo,era tan interesante que lo leia hasta altas horas de la noche.al terminar de leerla me di cuenta de lo importante qe es esa enfermedad VIH/SIDA y de lo que uno se debe concientizar sobre eso.
    bueno el dia de hoy justo expuse su libro y no me va creer todos en la clase les gusto era algo tan importante qe llamo mucho la atencion entre mis compañeros de aula qe hasta el mismo profesor le gusto y me pidio qe le prestara mi libro para que el lo pueda leer.

    le agredezco de que existan personas como usted qe escriban libros importantes para los adolescentes como yo.Ah y asi como dice en su blog mis compañeros me hicieron la gran pregunta de que si usted estaba viva y me dijeron qe lo averiguara.y ya encontre lo qe buscaba de qe usted sigue VIVA y eso creo yo qe a muchas personas habra sorprendido como paso en mi lugar.

    LE PEDIRIA UN GRAN FAVOR OJALA QE EL DIA QE LEA MI COMENTARIO PUDIERA RESPONDERMELO PARA ASI LLEVAR SU RESPUESTA A MI COLEGIO Y DECIRLES A MIS COMPAÑEROS CON MUCHA MAS CONFIAMZA DE QE USTED ESTA VIVA A PESAR DE POSEER ESA ENFERMEDAD Y ASI TAMBIEN DECIRLES DE QUE CON EL VIH/SIDA SI SE PUEDE VIVIR POR MUCHO MAS TIEMPO.

    UN BESO INMESO Y OJALA QE ME PUEDA DAR ALGUNA RESPUESTA A MI CORREO:milagros_30_21@hotmail.com

    OJALA QUE EN ALGUN MOMENTO PUEDA VENIR A MI PAIS PARA PODER CONOCERLA EN ALGUNA CHARLA QE PUEDA HACER Y ASI CONCIENTIZAR A MUCHOS MAS ADOLESCENTES COMO YO

    gracias muchas gracias.

    ResponderExcluir
  81. Olá Valéria... Li seu livro em dois dias, começei no feriado do dia 12/10.Já tinha visto ele em 2008, indicado por uma professora de ensino médio, mas acabei não lendo mas tive a oportunidade novamente e o li.
    Me surpreendi sim de ainda esta viva, mais não por que todos acham; AIDS MATA...
    mais me surpreendi pela sua luta, pela sua força de vontade e por não ter desistido.
    Admiro vc e seus livros, pois vc não teve medo de se expor e hoje tenho certeza que ja alcançou e ajudou muitas pessoas na mesma situação que voce ou ate mesmo que tenha parentes como vc....
    ESTA DE PARABÉNS... BJUS (GOIÂNIA)

    ResponderExcluir
  82. Olá Valéria! Quem fala é um aluno da 6ª série da escola Cenro Educacional Lourdinha Gomes-Bom Jesus-PI em nome de todos da sala. Ainda não lemos por completo o livro mas a rapaziada esta na maior bagaçeira com seus palavroes mas eu tenho certeza de que isso será um bom aviso para todos da sala! Beijos! Erinaldo de Oliveira Júnior

    ResponderExcluir
  83. Valéria, sou uma adoradora de livros e estava na Bienal do Livro este ano, 2011, e parei na estande da Ática. E quando vi a seção de best-sellers, logo corri. Vi o seu livro e só de ver o título e a frase acima deste último, quis comprar. Saiba, Val (posso te chamar assim?), que seu livro e você, estão em uma estante cheia de livros fantásticos, como O Pequeno Príncipe, Pollyana, As Crônicas de Nárnia etc.
    Adorei sua história e tentarei compartilhá-la o máximo o possível.

    ResponderExcluir
  84. eh verdade o que o Erinaldo de Oliveira Júnior disse eu estudo com ele os meninos da nossa sala são bestas... e fico impresionado como voce conseguiu vencer essa doença e todo preconceito que eu sei que voce sofreu muito! Beijos
    Aqui quem fala é Hudson Manoel N. Campos

    ResponderExcluir
  85. el mejor libro ke te pueda ayudar a levantar el animo cuando no saves a donde ir y ke acer :)la mejor valeria piassa polizzi

    ResponderExcluir
  86. Valeria,olha faz 3 meses que li seu livro,estava meio deprimido,esperando minha esposa pra ir ao shopp,enquanto ela se arrumava vi um livro em cima da mesa para doação,peguei e enquanto ela se arrumava li umas 40 paginas,me apaixonei,li seu livro em 2 dias e amei,me ajudou muito,perguntei pra minha esposa e ela disse que era d quando ela era adolescente da escola dela,olha eu entrei na sua historia de uma maneira tão linda e intensa que aprendi a gostar muito de vc,segunda feira quando fui trabalhar toda garota morena que passava por mim eu ficava olhando pra ver se não era vc,rsrs queria te dar um abraço bem apaertado,olha eu tenho um sonho de conhecer os EUA e no livro vc pasou com clareza e parece até que ja fui pra la,quando vc falava da neve,é meu sonho ver neve,quando tiver dinheiro o suficiente,vou pra la com minha esposa,de certa forma vc faz parte da minha vida e queria que vc soubesse que eu existo e se possivel me mandar um e-mail,meu nome é Rodrigo Carrarini tenho 29 anos sou do Rion de Janeiro,todos estão lendo seu livro aqui em casa,e todos que começam ler não querm parar,olha vc é mesmo uma guerreira,vencedora e exemplo de superação em tudo,te gosto muito e te desejo saude e paz...aaa meu e-mail é rodrigo09122011@hotmail.com

    ResponderExcluir
  87. oi valeria faz 2 semanas que eu acabei de ler o seu livro,eu estou com 13 anos e comecei a ler para aprender mais sobre a doença.eltava lendo com a minha melhor amiga.minha prof°(a) foi em algumas de suas palestras e ganhou o livro.ela me emprestou e eu li e reli ele com muito gosto..
    parabéns vc è uma mulher maravilhosa e uma ótima escritora.

    ResponderExcluir
  88. valeria que bom ver voce linda e feliz

    ResponderExcluir
  89. Val
    Li o seu livro (depois daquela viagem) na escola sua história foi a história mais emocionante que vi não pelo fato de vc ser soro positiva mais pelo fato de vc ter superado tudo e todos sem pensar em mais nada e hoje ser um exemplo para mim.
    Você me deu uma linda lição de vida então obrigada Val e meus parabéns pois além de uma ótima escritora é também um ótimo ser humano e ainda te considero uma amiga que me ajudou a ter força para superar muitos obstáculos.
    Se hoje eu com 17 anos posso cuidar de minha filha com o pai dela falecido e com todos me julgando por eu ser uma ex-drogada eu devo minha coragem á vc!!!
    OBRIGADA!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi andressa me passa seu e-mail ai ou me add ai ta antes q me eskeço meu nome e guilherme ta bjsss
      facebook e msn guilhermehenriquesantos22@hotmail.com

      Excluir
  90. Valeria, descobri a tres dias atras q sou soropositivo. Meu mundo caiu quando vi o resultado. Senti minha faculdade de medicina, um sonho, que seria iniciada se tornar uma ilusao. Suas palavras muito me confortaram agradeço muito a vc. Desejo continuar a sonhar e lutar pela minaha familia q tem me dado todo apoio do mundo. Hoje volto a sorrir. Deus te abençoe muito louvo a ele por sua vida . E espero q depois de formado atue conscientizando as pessoas,lutando contra o preconceito e ajudando todos os q precisem .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nossa eu naum sei seu nome mas meu i guilherme tenho 18 anos e presiso do seu e-mail para nos convesarms melhor se puder me passar ou me add ai meus e-mails
      facebook e msn guilhermehenriquesantos22@hotmail.com
      orkut guilhermehenrique741@hotmail.com
      gmail guilhermead2s2@gmail.com
      email guilherme@vhiver.org.com
      e sobre o hiv e vamos conversa ta bjsss
      Guilherme

      Excluir
  91. Bem já estamos em 2012. a Valéria já está com seus 41 eu espero q ela esteja bem. O livro dela é muito bom (Depois daquela viagem), e ela é uma otima autora. Deus te abençoe Valéria.

    ResponderExcluir
  92. Nossa, fiquei mt feliz quando a minha professora me deu hum livro sobre Huma historia, de superação,
    Muito lindo parabéns!
    minhas ex sogra, ela tinha o vírus mais morreu depois de mt luta.

    ResponderExcluir
  93. HOLA soy paola y tengo 14 años soy de venezuela y de verdad que :') llore con tu libro y la manera en que lo contabas , mi profe de castellano nos mandaron a leer varios libros , y dentro de muchos, el mas que me llego al corazon fue el tuyo; me alegro que seas muy valiente , Valeria espero que estes bien y viva , nose si veras este mensaje pero espero que algun dia lo leeas,saludos:**

    ResponderExcluir
  94. oieeeee! hj acabei de reler seu livro.O depois daquela viagem marcou minha vida, me fez pensar diferente...E digo com certeza q é bom e muito importante aprender a lidar com uma doença tão séria...Eu confesso: busquei no Google por: Valéria Piassa está viva? Busquei pq já fazia um tempão q tinha lido e tb pq tenho casos na minha família da doença e uma tia q vive( e intensamente!!)há mais de 15 anos com o vírus.Fico feliz em ter boas notícias a seu respeito! td de bom pra vc!E uma curiosidade: E o Lucas???eu torci todas as vezes em q li seu livro pra q vcs se reencontrassem...mas se não é ao lado dele ,espero q vc esteja feliz e realizada e que CONTINUE VIVENDO! BJÂO!

    ResponderExcluir
  95. É bom saber que a valéria não existi só nos livros não [e apenas uma personagens e sim alguém que vivi aqui no mundo real. Te desejo toda felicidade do mundo.

    ResponderExcluir
  96. Adoro tu libro,a decir verdad la profesora nos dio un catalogo y nos dijo que buscáramos el que mas nos llamara la atención y pues la verdad no sabia mucho sobre el virus & también me daba miedo a acercarme a una persona que tuvieran el virus, por que en mi casa siempre me metieron ese miedo, sabes una cosas la admiro, por que sos una verraca una echada para adelante, que a pesar de todo ibas por tu objetivo si o si, te deseo lo mejor :D

    ResponderExcluir
  97. hola me encanto tu libro pense que seria muy diferente pero cuando lo lei me di cuenta que es maravilloso. creo que es bueno saber como es una persona con esta enfermedad y no solo juzgarla por los prejuicios de la sociedad. mi madre tiene la misma edad que tu y tambien le encanto el libro ella no se imaginaba que en ese tiempo alguien se pudiera contagiar. y tambien gracias por aportar esos consejos para la juventud de ahora.

    ResponderExcluir
  98. oi eu amei o seu livro eu pensei que seria muito diferente, mas quando eu o li, percebi que é maravilhoso. Eu acho que é bom saber como uma pessoa com esta doença e não apenas julgá-lo pelos preconceitos da sociedade.A sua obra mudou o meu jeito de pensar sobre esses e outros assuntos e acho que todos os adolescentes deveriam ler o seu livro.

    ResponderExcluir
  99. Hola Valeria. Yo no hablo portugués, pero espero que puedas entender algo de lo que pongo. Soy maestra y le he mandado tu libro a mis alumnos, quienes lo han encontrado muy interesante y reflexivo.
    Sigue adelante.

    ResponderExcluir
  100. He leído tu libro por iniciativa de mi hija, una profesora en la universidad les ha mandado a leer unos libros entre los que estaba el tuyo, cuando hicieron el debate de los libros, a mi hija le llamó la atención, me volvió loca y lo encontramos en un negocio de libros usados, lo compramos y lo leímos, si supieras cómo me ha servido, no tengo SIDA ni ningún conocido con dicha enfermedad, siempre me ha llamado la atención y la forma como haz cambiado tu vida, ha hecho que piense en la mía, que Dios te bendiga, un abrazo y te deseo una vida Feliz hasta la ancianidad

    ResponderExcluir
  101. GRANDE VALERIA!!!!!!!!!!!!! QUE BOM VOLTAR SABER DE VOCE!!!!!!!! EU TE VI NUMA PALESTRA QUE VOCE DEU FAZ UNS 15 OU 16 ANOS EM JABOTICABAL....... BEM NO INTERIOR DO ESTADO SAO PAULO!!!!!!! AGORA MORO LONJE DALI NA VENEZUELA MAS SEMPRE LEMBRO DO SEU LIBRO E DE SUA MENSAGEM!!!!! MEU MELHORES DESEJOS!!!!!

    ResponderExcluir
  102. wow tocaya es impresionante lo que has vivido sin duda eres
    un gran ejemplo para todos eres una mujer muy fuerte
    me inspiras gran amor ala vida estando sana,. saludos desde
    Veracruz Mexico adorando sin duda las lineas escritas en tu libro
    espero tener la oportunidad de escucharte por aca..!!!
    VIVA LA VIDA!!!

    ResponderExcluir
  103. Eu li teu livro no mesmo ano que foi lançado, aos 17 anos. Sempre fui uma leitora voraz (meu primeiro livro, aos 10 anos, foi "Eu Christiane F.). Confesso que constantemente buscava por ti no Google, apenas para "te ver", mas ainda não tinha achado teu Blog. Eu devo dizer também, que como filha de enfermeira, eu sempre tive "medo dos germes" (mais ou menos como o menino Collin de "O jardim Secreto") e o teu livro me deixou, na época, com mais medo do que "esclarecida". Com essa paranóia dos germes, tinha medo até de beijar na boca! kkk Hoje acho graça, mas na época, era bem ruim... Fico muito feliz que tu esteja bem e com o mesmo "namorido". Fique bem, continue feliz e nunca te esqueça de Deus!
    Toda a Palavra de Deus é pura; escudo é para os que confiam nele.
    Provérbios 30:5

    ResponderExcluir
  104. Hola Valéria estoy empezando a leer tu libro: "¿por que a mi?" y me a gustado mucho y lo que mas me a gustado es que en mi colegio no lo dieron a leer a todo un grado aproximadamente 160 alumnos con el cual espero que alguien cambie su forma de pensar.

    Ademas es una gran bendición de Dios que estés viva.

    Atentamente desde Guatemala.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cristobal
      Guatemala?! Que lindo! Me gustaria mucho conoscer tu país.
      Besos a todos de su colegio.

      Excluir
  105. Hola Valeria, soy de Perú y tengo 16 años; no se escribir en portugués y tal vez no vayas a leer esto pero sabes, en mi pasado he leído varios libros pero el tuyo es el único con el cual he vivido varios sentimientos, incluso me identifico un poco, es un libro hermoso. Me sorprende que sigas viva después de varios años, eres un gran ejemplo a seguir, me encanta la manera de cómo escribiste este libro (¿Por qué a mi?). Y sabes que es lo mejor, lo voy a guardar en mi biblioteca en la cual hay varios géneros de libros de diferentes historias en las cuales cuando estés durmiendo puedas pasearte en cada uno de ellos. Un beso y no pares de escribir :)
    PD: espero me respondas.

    ResponderExcluir
  106. Hola, Melany,
    ¡Muchas gracias por las palabras de cariño!
    Qué bueno que gustaste de mi libro ¿Por qué a mí?
    En 2008 estuve en Perú estudiando español y visitando Cusco y Machu Picchu. ¡Me encantó tu país!
    Besos a todos de Perú

    ResponderExcluir
  107. Hola yo tambien soy de Peru y bueno tengo 14 años y creo que es el primer libro que he leido que finalmente , te hable de una forma tan liberal, ya que gracias a esto uno se puede identificar con la historia sin tantas tesis o palabras que son dificiles de entender , en verdad me encanta que sigas bien, muchos besos y felicitaciones ;)

    ResponderExcluir
  108. Valeria Piassa Polizzi tengo solamente 13 años y como me encanta tu libro todavia no lo acabo de leer aún pero me encanta. Todas tus historias con tus amigos de la escuela con el taxista y con el platano con coca cola te juro que me encanto . Mucha suerte que sigan tus exitos y espero que vivas muy feliz con tu esposo.
    PD:GRACIAS POR VENIR A CONOCER EL PERU♥

    ResponderExcluir
  109. Olá Valéria

    Ao ler o seu livro, me apaixonei pela sua história de vida e realmente fiquei muito curiosa em saber como vc estava, e digo mas seria tão maravilhoso se vc escrevesse um livro dando continuação do livro: DEPOIS DAQUELA VIAGEM..Virei sua fã e te desejo muitas felicidades, e q o Senhor esteja contigo sempre.

    ResponderExcluir
  110. Oi Valéria,

    Ti conheci há muito tempo atrás quando você foi no programa do Serginho Groisman acho que era Programa Livre, não me lembro o ano, mas eu era apenas uma menina.
    Em março deste ano meu namorado ficou muito doente e depois de muitos exames, descobrimos que ele seria soropositivo e logo, eu também. Nosso mundo caiu, acho que nunca chorei tanto em uma semana, depois de eu cair em si, a primeira pessoas que lembrei foi de você, e como nessas horas a gente pensa: Nossa! Quanto tempo vamos durar?
    Quando achei seu blog, fiquei muito feliz por estar tão bem e isso me fortalece em pensar que podemos ser felizes por mais anos que eu imaginava. Hoje estamos casados e felizes, porém a doença e o medo nunca saem de nossas vidas.
    Gostaria de umas dicas de seus hábitos para ter qualidade de vida!
    Obrigada!
    Um Grande beijo e Saúde pra nós!!!

    ResponderExcluir
  111. Oi Valéria que boa saber que vc esta bem,
    No meu caso posso dizer que vc foi meu anjo enviado por Deus.
    No ano de 2000 seu livro veio parar em minhas mãos. Uma amiga de serviço trouxe eu li umas páginas só que não poderia me emprestar por não ser dela.
    Comecei a procura-lo nas livrarias dai quando encontrei porque demorou.
    Comecei a ler e adorei sua coragem chorei com você
    Passou um mês meu marido ficou doente e não descobria o que tinha.
    Fomos ao infectologista e ele junto com os exames pediu do HIV .
    Meu marido era soro positivo e não sabia.
    Se eu não tivesse sido preparada com seu livro não sei como agiria diante a situação.
    Hoje faz 12 anos e ele esta bem de saúde toma os remédios sempre no horário certo.
    Então como eu disse você foi meu anjo Salvador já li 3 vezes seu livro adoro e torço por você,eu não contrai o viros....beijos Fique Sempre com DEUS.....

    ResponderExcluir
  112. Nossaa Valeria...fiquei muito feliz ao ver vc aqui!!!
    Li seu livro faz um tempinho ja (nao muito pq somos muitoooo jovens ainda....rsrsr) e foi uma coisa que me marcou mutio...
    Hj sempre que alguem me pede pra recomendar um livro....recomendo "Depois daquela Viagem"
    Um livro fascinante,fantastico, real, alegre, triste, verdadeiro e cheio de fantasias de uma garota!!!
    Parabens pra vc!!!!!!
    Que Deus continue te abençoando sempreee!!
    Com carinho,
    Mariana Orsoni

    ResponderExcluir
  113. ooooi,li o livro e simplismente AMEI! é sem dúvida um dos melhores livros q já li!
    Que Deus continue te abençoando! Bjão!
    Laís

    ResponderExcluir
  114. hola valeria mi nombre es david soy de peru tengo 15 años.... acabo de terminar de leer tu libro... y realmente me ah gustado sobre todo por el gran mensaje que da.... carpediem ademas el de que es realmente absurdo discriminar... no soy portador pero tengo la dicha de vivir con una y realmente descubres que ninguna enfermedad te cambia.... solo tu decides.... ha sido un gran aporte para mi corta edad tu buena vida ... gracias

    ResponderExcluir
  115. Devo confessar que fui umas das pessoas que ficaram feliz ao ver o seu
    depoimento em Viver a vida. Eu tinha lido "Depois daquela viagem" naquele
    ano, e no momento que vi o seu depoimento me lembrei da forma como você
    conta a sua história. Sou sua fã embora só tenha tido acesso a um livro
    seu. Espero um dia escrever tão bem quanto você.

    ResponderExcluir
  116. Valéria,
    Li seu livro quando eu ainda era adolescente e virgem (há mais de 15 anos). Me tocou profundamente na época!
    Você me fez encarar o final da adolescência e o início da fase adulta de outra forma. Fui responsável desde a minha primeira transa graças ao seu testemunho. E, mesmo nas relações mais loucas que tive, nunca deixei de lado a camisinha!
    Hoje sou casada, madura, feliz e faço a maior questão de acompanhar o seu blog e suas novidades! Torço muito por vc e guardo seu livro, com carinho, até hoje também!
    Beijos especiais,
    Carol

    ResponderExcluir
  117. Valéria, querida! Hoje estava atualizando minha página no Facebook e entre os meus livros preferidos o seu está listado, li duas vezes, quando tinha 12 anos, hoje tenho 23 e ele continua sendo um dos preferidos da minha vida. Confesso que foi em razão de relembrar do teu livro que me questionei, não se ainda estavas viva, mas como estavas e aí procurei no google, e acabei encontrando esse blog, para minha felicidade. Acho que as pessoas que lêem teu livro te sentem como sendo uma amiga amada... eu sinto isso... tenho um carinho tão grande por ti, desde a época em que conheci tua história, que volta e meia procuro saber como estás, ler tuas crônicas... Te admiro muito. Um abraço bem apertado! Júlia

    ResponderExcluir
  118. Ya que sabes español, aprovecho para escribirte en mi lengua.

    Hoy también me hice esa pregunta, ¿qué será de ella? ¿consiguió vivir todos los años que no imaginaba? Me alegro que así sea!!!! Con tu libro conmoviste a miles de personas, como puedo observar en los comentarios. Gracias por compartirte.

    Te leí con 11-12 añitos... Ahora tengo 21 y nunca he olvidado tu libro, tu historia.


    Sé feliz!

    ResponderExcluir
  119. Olá valéria me surpreendi muito ao ver que vc estava viva .. tambem me emocionei ao leer seu beijos.

    ResponderExcluir
  120. Valéria, mulher guerreira!

    Hoje terminei de ler seu livro pela segunda vez. A primeira vez que li, eu tinha 13 anos, se não me engano. Estava cursando o ensino fundamental ainda. Hoje tenho 18. Sinto-me maravilhada ao ler sua história novamente. Você com certeza ensinou e ajudou muita gente durante todos esses anos, desde o lançamento do livro. Meus parabéns de coração, que Deus continue te abençõando, e que venham muitos e muitos anos pela frente!

    Um beijo, Letícia.

    ResponderExcluir
  121. ola val...terminei de ler seu livro a umas 3 horas,e resolvi procurar no google pra saber de vc, me surpreendir muito com sua historia,é realmente muito emocionante....eu queria que vc tivesse se casado com o leco...rsrsrs.

    ResponderExcluir
  122. Olá, Valéria tudo bem?
    Olha fiquei muito feliz hoje ao encontrar o seu blog.
    Sou sua fã de carteirinha, eu já li seu livro " Depois daquela Viagem" mas de 5 vezes,
    e te confesso que todas as vezes eu chorei, e tambem dei muitas risadas...
    Vc é extremamente uma pessoa muito forte, continue assim, e confie sempre em deus...
    És um exemplo pra todos nós Brasileiros. Boa sorte, minha amiga!

    ResponderExcluir
  123. Olá Valéria!
    acabei de ler seu livro,(depois daquela viagem)
    E pude perceber, que tudo o que aconteceu em sua vida, não foi por acaso e nem não pela falta de informação ou experiência. Mais uma forma de compartilhar, estimular e alertar a muitos que precisam.
    Bjos!
    Que Deus continue a ti abençoar!

    ResponderExcluir
  124. oi valeria sou sua fa vc e uma mulher adimirável. que o senhor Deus te abençoe mais e mais

    ResponderExcluir
  125. Disculpe acabo de terminar de leer su libro es genial a mi en lo personal me sorprende de como cuando uno se lo propone puede salir adelante a pesar de tener dificultades!!!!!!! Por ciertooo Mis respeto para su actitud Bendiciones Una interrogante como es eso del sexo seguro que menciona al final del libro? Disculpe mi ignorancia soy una joven de 16 años de El Salvador!!!!! Bendiciones Saludos a la distancia!!!!

    ResponderExcluir
  126. Incrível, Valéria. Fico feliz pela sua garra e força de vontade. Li seu livro quando há alguns anos atrás, e sempre lembro da história. Indiquei a família amigos e namorado e todo mundo gostou como eu... Enfim, felicidades.

    ResponderExcluir
  127. Oi valéria, Dê um oi em 2013 aqui pra gente. Sou seu fã estou terminando de ler seu livro "Depois daquela viagem" E estou gostando muito...Parabéns lhe desejo muitos e muitos anos de vida ainda. Abraços.

    ResponderExcluir
  128. Hola Valéria, Quiero que sepas que te admiro. Deberias volver a escribir otro libro, eres muy divertida...Abrazos.

    ResponderExcluir
  129. Hola valeria yo recien acabo de leer tu libro PORQUE A MI ? y me encanto eres un ejemplo a seguir y sigue luchando y contenta como siempre cuidate y un abrazo FUERTE desde muy lejos tu libro es el MEJOR !

    ResponderExcluir
  130. Nossa! Valéria fico muito feliz por saber que você está viva e feliz. Eu sempre me fiz esta pergunta. Li seu livro há muitos anos atrás e me comovi muito. Admiro a sua força de vontade. Você é uma ótima escritora. Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  131. Oi Valéria!

    Sou apenas 5 anos mais nova q vc, e há muito tempo atrás ouvi falar do seu livro, mas só fui ler há uns 5 anos. Agora, contei a história para meu filho que vai fazer 11 anos e ele ficou bastante interessado em conhecer sua história também.
    Valéria, que Jesus continue te abençoando.
    Gde, braço

    ResponderExcluir
  132. HOLA QUE GUSTO Y FELICIDAD SABER QUE ERES UN EJEMPLO REAL. SOY ANDRES DE PERU, TENGO AHORA (2013) 28 AÑOS HACE DOS ME ENTERE A TRAVES DE UN EXAMEN QUE LE PEDI A MI PARAJE (Q ES HOMBRE) QUE SOY VIH+, MUY DURO EL MOMENTO. PERO PEOR FUE CONTINUAR CON EL AFERRANDOME A ALGUIEN. AHORA LA RELACION TERMINO HACE DOS MESES (ABRIL 2013). EN ESTE INSTANTE (05/06/2013)ACABO DE TERMINAR DE LEER TU LIBRO. ESTOY EN EL MOMENTO QUE CUENTAS EN LOS DOS ULTIMO CAPITULOS DE TU LIBRO "POR QUE A MI" NO ENFERMO PERO SI EN EL DILEMA SI EMPEZAR O NO A RECIBIR TRATAMIENTO. ESTOY ASUSTADO. NADIE SABE DE QUEL GRAN DETALLE. Y LO QUE NO ME GUSTA NADA ES QUE EL VIH MAS QUE HACER DAÑO AL PORTADOR HARA MUCHO DAÑO A LAS PERSONAS QUE QUE NOS AMAN.
    A TRAVES DE TU LIBRO SE QUE TE ADMIRO MUCHO. ME ENCANTARIA PODER ENCONTRARME CONTIGO EN ALGUN MOMENTO. A PARTIR DE HOY SER UNA DE MIS METAS.
    DIOS TE SIGA BENDICIENDO..........RECIBE SALUDOS DE PERU.

    YYYYYY......GRACIAS POR ESCRIBIR ESE LIBRO MARAVILLOSO.

    ResponderExcluir
  133. Olá Valeria.
    Também me perguntei se estava viva, pela a data que contraiu. Cazuza e Lauro Corona souberam de sua infecção nos anos 80 e não tiveram a sorte que tenho hoje. Descobri ser positivo em 2012, graças a Deus com os medicamentos atuais, terei uma expectativa de vida normal.
    Adorei ler seu livro, ele me achou eu não o procurei.
    Havia um lote de livros, em uma casa para qual me mudei. Comecei a ler todos até chegar no seu.
    Não foi puro acaso Valéria, é o Divino agindo por suas mãos abençoadas.
    Obrigado por você existir e, que receba em dobro o bem que tem feito a muitos.
    João

    ResponderExcluir
  134. saiba que seu livro me emocionou muito, li quando tinha 15 anos, e kkkkk, ai como eu chorei o lendo no ônibus na parte que vc conta que seu relacionamento com um garoto que vc gostava não tinha dado certo. bjs menina! Monique alves

    ResponderExcluir
  135. adorei seu livro ... gosto muito de ler livros que contam historias de vidas...a sua historia e muito triste e ao mesmo tempo emocionante ... fiquei muito feliz por encontrar o seu blog e saber que vc ta bem

    ResponderExcluir
  136. Hermosa Historia Señorita Valeria estoy mas que impresionada! nunca pensé que su historia fuese real su libro lo leí en 2 días y me fascino estoy sorprendida muy buena historia y pues le deso lo mejor!

    ResponderExcluir
  137. Querida Valéria,
    Li seu livro por indicação de um amigo e fiquei muito emocionada com a sua historia, te procurei no google, pra saber mais de você e se você havia publicado mais livros e descobri que sim você escreveu mais livros, engraçado a menina que escreveu que no colegial não queria escrever um livro, agora não escreveu apenas um... rs' Agradeça a seus amigos por mim, pois se eles não tivessem te dado a maravilhosa ideia de escrever um livro, sua historia de superação, lição de vida e claro aviso a muitos jovens ficaria desconhecida do mundo, então só o que me resta é te agradecer por ter colocado a sua vida no papel imortalizando você e tudo que você passou e agradecer também a quem te deu a ideia.
    Um mega beijo e que você continue escrevendo...
    P.S. o seu livro esta muito bem guardado em uma estante cheia de livros para brincar de Teoria dos livros rs'
    ;)
    Rebecca

    ResponderExcluir
  138. Oi Val!!!! Poxa como e bom poder ler sobre mais um pouquinho de sua vida.
    Lembro que comecei a ler seu livro depous de ter visto com minha irmã, nossa chorei muito com o final, mas tbm fiquei muito feliz pela maneira tão forte com que vc enfrenta a vida!!! Falo de vc sempre que posso em conversas entre amigos e tento passar um pouco do que aprendi: por mais dificil que e o momento, vc nao desistiu e hoje conta sua historia mundo a fora!!!! Grande abraço e sucesso!!! Claumelaine Ramos

    ResponderExcluir
  139. Valéria , fico muito feliz da minha escola ter pedido para a gente ler Depois daquela viagem . Estou amando seu livro e queria te dar parabéns por te aprendido a viver com a Aids

    ResponderExcluir
  140. Val !!! te amo !! , adorei seu livro , com ele você será eternamente eterna, pois além de ser essa mulher generosa e forte , determinada , corajosa e linda, com um sorriso maravilhoso que se chama vida e alegria , seja feliz sempre!! que deus te abençoe !! um beijão do tamanho do Amazonas .

    ResponderExcluir
  141. Val !! adorei seu livro, você e demais, um beijão do tamanho do Amazonas !! , Você será sempre eterna pois sua coragem nos deu a esperança e o prazer de quê a vida continua sempre, apesar das adversidades , parabéns e que deus te abençoe .

    ResponderExcluir
  142. valeria mis mejores decedos porfavor reportate cuando puedas necesitamos saber de ti tus lectores desde venezuela se te quiere y por un momento me senti enamorado de ti mientras lei tu libro David Jesus Contreras 18 años cuidate

    ResponderExcluir
  143. Hola Valeria quería contarte que no me solía enganchar leyendo algún libro, pero un día estaba hablando con una amiga de mi relación con los libros y me lo presto para leerlo, desde que lo comenze me apasiono, me gusto tanto tanto que en 2 o 3 días lo termine, es tan hermoso que parece que estuvo millones de viajes acompañándome en millones de momento y cuando caigo en la realidad me doy cuenta que no que fueron solo unos días. Me alegro muchisimo saber que estas bien, y admiro un montón la fuerza que tenes y que se reflejo maravillosamente en el libro!! Gracias por enseñarme a conectarme con este hermoso mundo de la literatura!!! :D

    ResponderExcluir
  144. mariana lima costa20 de abr de 2014 18:58:00

    1º queria dizer"PARABENS" vc é uma pessoa de fibra ,guerreira , e muito especial pude ver tudo isso atraves do seu livro queria saber se vc estava viva nem tanto pelo fato da AIDS mais porque não sabia direito quando o livro tinha sido publicado e se vc tinha morrido pela idade mais pelo que eu posso ver esta otima bom otima por q apesar de estar com aids vive dignamente sei q no começo pelo q vc escreveu no livro foi muito dificil e doloroso a unica coisa que vc pensava era em morer . depois que li o seu livro não parei de espalhar pra todo mundo como ele era ótimo quero q vc saiba q virei sua FÃ gosto da maneira como vc converssa com a gente no livro e fala seus pensamentos e detalhadamente como tudo aconteceu é maravilhoso, na hora q vc fala quando estava "urinando" sangue senti a tensão daquele momento bom se eu fosse falar tudo o q eu to pensando vc ia passar o dia lendo essa msagem estaão vo dizer que bom q vc esta viva! BJS

    ResponderExcluir
  145. Hola Valeria,estudie tu libro ,Y por que ami? Me encanto muchas gracias Y solo quiero q sepas que t e admiro muchisicimo,mi nombre Jorge Hernandez desde Chicago estados unidos saludos y te deceo lo mejor,un abrazo con todo respeto.despues volveré para saludarte. Bye.

    ResponderExcluir
  146. Ola val.
    Tenho 13 anos, e quando terminei seu livro, fui correndo achar algum meio de comunicaçao, saber como vc estava, pois foi perfeito presenciar sua vida e encontrar alguem com os mesmo pensamentos e questionamentos sobre a vida, nao tenho o virus da aids, mas sofro preconceito por ter hipertirioidismo. Sei que agora tem mais de 40 anos, e to meia atrasada, mas quem me emprestou esse livro, foi uma mulher, e ela leu esse livro com a mesma idade que eu. Acho que vc deve estar feliz, pois seu livro ter chegado a segunda geraçao. Deu um aperto no coraçao, te-lo que devolver. Vc conseguiu ser mais uma vitoriosa nessa batalha contra aids, e ajudou muitas pessoas. Queria poder conhece-la pessoalmente e saber mais de sua hiatoria e ter um bate papo. Poderia me chamar por email? Bibi.bianca2@hotmail.com . Ficaria feliz por poder falar contigo.
    By:bianca

    ResponderExcluir
  147. Oi, quem bom saber que está bem. Li seu livro essa semana por indicação de minha amiga, me apaixonei por vc. Que deus te abençoe muito vc merece.

    ResponderExcluir
  148. Olá Valéria, que bom saber que você tem um blog, onde provavelmente fica mais fácil responder seus fãs...

    Bom, eu tenho 13 anos me chamo Victor e eu e minha turma na escola estamos lendo o seu livro e por espontânea vontade eu virei seu fã e gostaria MUITO que você fosse falar mais sobre seu livro e como foi viver naquela época cheia de preconceitos na minha escola.
    Se possível me responda. :D

    ResponderExcluir
  149. Hola Val, sabe cuando lei su libro me impresiono tanto al ver como enfrenta la vida aun con la enfermedad, la verdad es una escritora maravillosa, la admiro y como quisiera conocerla en persona seria lograr uno d mis sueños, quería comunicarme con usted, hasta q x ves primera encontré su blog,Dios lo Bendiga por :Susana desde Chiapas,mexico

    ResponderExcluir
  150. Hola Valeria , me alegra que aun estes viva , no pude desprenderme de tu libro ningun instante , es como transportarse a ese mundo como si yo estuviese ahi en cada capitulo de tu vida , ahora si veo la vida un poco diferente , me gustaria mucho que leas esto porque tenemos algunas cosas en comun para ser menor que tu piensas igual que yo , por cierto me llamo Valerith , soy de Peru- Lima , seria un sueño mio conocerte hablar contigo , asi como una vez tu sueño fue ver la nieve.

    ResponderExcluir
  151. Valéria , fiquei muito feliz da minha professora ter pedido para a gente ler Depois daquela viagem . Eu amei seu livro e queria te dar parabéns por te aprendido a conviver e a lidar com a Aids, você é uma pessoa de fibra,guerreira , e muito especial pude ver tudo isso através do seu livro

    ResponderExcluir
  152. parabens a sua historia foi de muita luta mas teve uma grande vitoria

    ResponderExcluir
  153. Oh por Dios excelente libro. Voy terminando de leerlo y lo unico que quisiera es darte un gran abrazo, por todo eso que nos dejas al plasmar tu vida en un excelente libro. Gracias por cambiar la manera de ver la vida de muchos de nosotros. ¡¡ESTAMOS VIVOS!!!

    ResponderExcluir
  154. Ola valeria !!! TUDO BEM? Me chamo maiara tenho 20 anos . E estou aqui triste pois acabei de terminar o seu livro depois daquela viagem . E estou tão emocionada que sinto vontade de chorar de alegria sua história. E tão linda tão emocionante que me arrepia . Você se me ensinou muita coisa . Eu abri meus olhos. E tenho ctz que vou amar lee muitas outros livros teus . Eu não sei se ira veste comentário . Mas so de deixar um pouquinho do que estou sentindo neste momento ja eh algo inexplicável . Parabéns mesmo . Carpe diem ah todos boss ESTAMOS VIVOS

    ResponderExcluir
  155. muchas gracias tu libro por que a mi me ayudo mucho gracias gracias dios te bendiga

    ResponderExcluir
  156. Hola valeria, leí su libro, me parece muy interesante, yo soy maestra de Telesecundaria y sabes, invitaré a mis alumnos a que lean este maravilloso libro, para que estén informados y valoren la vida, Que bueno que sigues viva!!!!!!

    ResponderExcluir
  157. Hola soy Carolina de México acabo de leer tu libro ¿por qué a mí? mi hija lo trajo de la escuela. Realmente tu lucha es sorprendente personas como tu realmente cambian el mundo, muchas bendiciones.

    ResponderExcluir
  158. Hola Valeria, me llamo Bryan soy de Ecuador; recien estoy en la mitad del libro ¿Por que a mi? y esta muy interezante. Dios te bendiga, eres una persona muy fuerte y valiente estoy admirado. Una leccion de vida que no olvidare.

    ResponderExcluir
  159. hola valeria , me llamo ivana y ya acabe de leer tu libro en este fin de semana ya que no tengo tiempo por el colegio soy de peru y me encato tu libro & nose si aun sigas con vida pero te deseo lo mejor del mundo que te valla de marilla eres la persona que admiro mucho gracias por sacar este libro es algo que nunca voy a olvidar , todas las noches dejo el libro en un librero con bastantes libros para que juegas a la teoria de los libros , ah porciento tengo 13 , bye cuidate besos y un monton de abrazos , bendiciones con carinño ivana

    ResponderExcluir
  160. hola que tal, me llamo Raúl de México, hace un par de años sino mal recuerdo por ahí del 2007 leí tu Libro ¿Por que a mi? fue tan maravillosos que hasta ahora aun la recuerdo, fue el primer libro que leí desde que tengo memoria... siempre quise darte las gracias espero puedas leerlo...besos hasta pronto. PD: ESTAS ENTRE MIS MILES DE LIBROS PARA QUE PUEDAS APLICAR TU TEORÍA DE LIBROS :)

    ResponderExcluir
  161. Oii, Valéria!
    Nao sei se voce irá ler esse comentário, porque ja faz tempo que voce escreveu essa postagem, mas, mesmo assim, queria dizer que estou lendo Depois Daquela Viagem, para escola, estou só no início do livro, mesmo assim quero dizer que admiro voce muito, além de ser uma ótima escritora, és uma grande pessoa. Uma pessoa na minha família está passando pela mesma coisa que voce, sou muito nova para querer tentar ajudar, mas tenho voce como uma inspiraçao, e sei que, no fim, tudo vai se resolver.
    Obrigada por ter escrito essa autobiográfia, com certeza ajudou e vai ajudar muitas pessoas.
    Abraços,
    Camila

    ResponderExcluir
  162. Olá...
    Assim como a colega de cima nem sei se você vai ler este comentário mas mesmo assim gostaria de deixar registrado o quanto o seu livro me emocionou em todas as vezes que eu li... sim! Eu li várias vezes.. e até grifei algumas as partes que eu mais gostei e hoje depois de tanto tempo (já faz mais de quinze anos que eu li) em alguns momento da vida ainda me pego me lembrando daquela história e no tanto que eu aprendi com ela.
    Obrigada por dividir conosco a Sua História!

    Abraços

    Fernanda

    ResponderExcluir
  163. Olá Valéria! Li seu livro quando tinha 15 anos, hoje com trinta, ainda guarda em minha memória passagens do seu livro. DEPOIS DAQUELA VIAGEM me marcou muito e sempre indico a leitura do seu livro para amigos, pois vale muito apena se emocionar a cada pagina lida!
    Fico muito feliz em saber que você estar bem! Obrigada pelos ensinamentos que você me transmitiu através do seu livro e do seu blog!! Um forte abraço!

    Laís Gabrielle

    ResponderExcluir
  164. Oi Valéria! Li o seu livro no começo da minha adolescência e foi uma leitura que me marcou muito, hoje estou com 25. Resolvi pesquisar sobre você ao ver o caso da personagem Nanda que é soropositivo, na novela Os Dias eram assim. Fiquei muito feliz em saber que está bem!

    Abraço!

    ResponderExcluir