5 de dez de 2014

Entrevista para o Dia mundial de combate à Aids, 1° de dezembro




                                                                Leia a entrevista aqui


                                                                 Assita ao vídeo aqui


10 comentários:

  1. Oi Valéria!
    Eu tenho o seu livro e de vez em quando eu leio o pedaço da sua teoria dos livros tenho uma pequena estante no meu quarto e fico imaginando como deve ser esses papos...

    ResponderExcluir
  2. Aí que legal te ver bem,li seu livro pela primeira vez tinha treze anos,e de lá pra cá li umas três ou quatro vezes....kkk.Amei ele é encantador,pegava-o emprestado com minha amiga,porém ela o emprestou a alguém e nunca mais o recebeu de volta...fazia tempo que tinha ouvido falar em vc e hj resolvi pesquisar e saber como vc estar e me agradei bastante em te ver assim tão bem,te desejo tudo de bom nesse natal e no ano que se inicia ,sou sua fã e admiro demais seu trabalho parabéns pela pessoa que és....E felicidades...Bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi Valéria, me chamo Nathália e li seu livro à uns 6/7 anos atrás, hoje durante meu dia de trabalho pensei em você e pesquisei seu nome no google e cá estou. Quero te dizer o quanto fico feliz que esteja bem, que este natal seja abençoado para vc e família.
    BEIJOS!

    ResponderExcluir
  4. Valéria, não desista de seu blog!
    Apareça mais vezes aqui!

    ResponderExcluir
  5. Valéria, após 15 anos desde que li seu livro, Depois daquele viagem, pela primeira vez, estou relendo novamente. É o primeiro livro em português que leio em cinco anos, desde que me mudei para os EUA. Adoro seu estilo literário e a sua historia de vida inspiradora. Gostaria muito de ler uma seqüência desse livro. Escreve mais um pra gente, Valeria!
    Grande abraco,
    Fran

    ResponderExcluir
  6. Oi Valéria, eu tenho 18 anos e acabei de ler o seu livro,fiquei encantada com sua história, sofri com tudo que você sofreu Kkkk,amei muito seu livro ,várias amigas minhas querem ler ele,pois eu me tornei uma pessoa melhor quando li seu livro,percebi que é inútil chorar ou sofrer por qualquer cara ,e descobrir o meu amor próprio, minha prima me deu esse livro a um ano atrás e eu vim parar pra Ler a sua história e fiquei apaixonadaaaa,imagino o quanto vc sofreu e sofre com essa doença, espero que você escreva outro livro pra gente amei o primeiro Kkkk virei fã!!
    forte abraço!
    Emily

    ResponderExcluir
  7. sou seu fã, li seu livro na adolescência, continue a ser essa mulher inspiradora, forte, seu livro é um legado q com certeza daqui a 100, 200 anos ainda continuará a inspirar pessoas

    ResponderExcluir
  8. Oi Val, te adoro demais.. vc é uma expiração na minha vida.. sou mto sua fã.. ja li " depois daquela viagem " 4 vezes.. dai por diante nunca mais parei de lê. Vc mim fez ter uma paixão por livros. Te adoro..

    ResponderExcluir
  9. Boa Tarde Valéria, sou SUPER fã de sua historia, em 2011 eu fui ao teatro assistir a MARAVILHOSA peça sobre sua vida, eu era aluna da UNIBES GMK. E depois desse dia nunca mais fui a mesma foi muito emocionante, e sensacional. Gostaria MUUUIIIITO de assistir a peça mais uma vez, ou quantas vezes pudesse, e levar amigos, familiares também, para sentir a mesma emoção que senti naquela época, me lembro como se fosse hoje ! Foi um trabalho PERFEITO, e emocionante ! Seu livro, sua historia é de uma guerreira, te admiro muito. E por favor volte com a peçaaa estou morrendo de saudaaaades. Bjo

    ResponderExcluir
  10. Olá Valeria!

    Conheci sua história através deste livro. Sempre quando ministro palestra de prevenção as DST's/AIDS falo de você.
    Conto um pouco da história e também sorteio um livro. A sensação nunca é a mesma. Me vem arrepios puder falar sobre sua história de quebra de tabus, preconceito etc. Todos ficam curiosos e passam a ter outra visão sobre o tema.
    Sucesso, parabéns!

    ResponderExcluir