19 de mar de 2015

Meditação - curso gratuito na Unifesp



A UNIFESP - Escola Paulista de Medicina - está oferecendo cursos gratuitos de MINDFULNESS - técnica de meditação para a promoção da saúde voltados a pacientes com níveis prejudiciais de “estresse” e/ou portadores de doenças crônicas como ansiedade, depressão, hipertensão, diabetes, obesidade, câncer, hiv e dor crônica de origem diversa. O programa é desenvolvido ao longo de 08 semanas, em encontros de 2hs, para vivência e trocas de experiências sobre as técnicas de mindfulness, que são baseadas em práticas meditativas de simples aprendizagem.
Eu estou fazendo e é muito bom!!!

Palestra introdutória dia 29/4 às 13hs na Rua Botucatu, 740, 1° andar Anfiteatro 1 .
Nova turma começando em 6/5das 13hs às 15hs)

Inscrições para palestra e curso: ambusaude@gmail.com

4 comentários:

  1. Oiie Val, assim como todos que leram seu livro ( depois daquela viagem) minha classe da escola ficou encantada com a sua história e gostaríamos de ter a chance de te conhecer pessoalmente, será que isso é possível?? Fico a espera da sua resposta para entrar nos detalhes, beijos 😍

    ResponderExcluir
  2. Valéria, por que você insiste em repetir até hoje (e permite que se difunda essa crença) que quem tem HIV, tem AIDS? E que são sinônimos? Dizer que (e aceitar) que um portador de hiv tem aids, é o mesmo que aceitar que quem tem hepatite c tem cirrose. A AIDS como você sabe é uma sindrome de imunodeficiência reconhecida quando os CD4 estão abaixo de 250 un/mm. Se você é indetectável, e tem CD4 em niveis normais, você não tem AIDS! É Revoltante essa postura de profissionais de saúde, e portadores se referirem a HIV como sinônimo de AIDS (que carrega um estigma bem maior).

    ResponderExcluir
  3. É que para mim não faz muita diferença. Eu, por exemplo, já estive com aids - porque meus cd4 estavam abaixo dessa linha e tive uma infecção oportunista, tuberculose renal - mas com a chegada do coquetel e tomando-o certinho desde 1997 hoje tenho carga viral indetectável e cd4 acima de 800. Continuo a mesma pessoa com hiv/aids. É só uma nomenclatura. Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oiii,Val!acabei de ler seu primeiro livro ,e juro que só vim te procurar na NET,porque precisava saber mais sobre você,ou seja, apos ter lido fiquei com uma interrogação beeemm grande na cabeça:onde ela está agora? ,o que houve depois do livro ?ela está bem ?e fiquei muito feliz por te encontrar assim linda ,e muito bem ,graças a Deus bjs e abcs

    ResponderExcluir