26 de jun de 2010

Realização e saudades

Semana que vem termino minha Pós-graduação em Prática de Criação Literária. Mais uma etapa de vida e de criação. Já sinto falta da minha turma. Foi um curso intenso onde produzimos contos, poesias, romance, ensaios, roteiros...  Os professores, escritores renomados como o romancista Nelson de Oliveira, o contista Marcelino Freire, o poeta Edson Cruz e o cronista Luis Marra nos levaram a descobrir nossos estilos, nossas vozes. Com base nos textos que escrevíamos, discutíamos nossos acertos, deslizes,  força dramática (ou centro nervoso como prefere Marcelino), voz de cada personagem... E assim, passo a passo, melhoramos nossas produções.


Há muito tempo que eu queria fazer um curso desses. Tinha inveja de minha tia Dete que mora nos Estados Unidos e já fez alguns em Colleges e Universidades de lá. E achava muito injusto aqui no Brasil não termos uma pós-graduação para escritores ou simplesmente para quem gosta de escrever. Há quem desconfie desse tipo de aula e de oficina, argumentando que o escritor tem de ser nato. Não concordo. Alguns podem até ser, mas sempre temos algo a melhorar, experiência para trocar. E se observamos outras áreas, como artes plásticas, por exemplo, os grandes pintores na maioria frequentaram escolas de arte. Na música é a mesma coisa. Por que, então, para os escritores não existiam cursos direcionados nas universidades de São Paulo? 

Quando descobri essa iniciativa da Terracota Editora em conjunto com a Universidade Cruzeiro do Sul (nota máxima no conceito do MEC), corri para conferir. As aulas são no Espaço Terracota, um charmoso café literário com salas de aulas no andar superior. Assisti a do Marcelo Maluf, de literatura infanto-juvenil e me apaixonei. Queria fazer o curso! Mas o módulo já estava no meio e tive que esperar um mês para poder começar no próximo. Enquanto esperava bateu a insegurança. Será que vou gostar? Será que conseguirei acompanhar a turma? E a vergonha de expor meus textos? E o medo das críticas?

Minha tia havia comentado que lá nos EUA às vezes ela sentia muita concorrência por parte dos alunos. Fiquei feliz de encontrar exatamente o contrário aqui. Era sempre um querendo ajudar o outro, com análises e críticas construtivas. E todos nós vibrávamos quando alguém aparecia com um bom texto, ou o deixava melhor na reescrita. Viche Maria! Reze um Pai Nosso e uma Virgem Maria, que ele se soltou de vez! Que texto bom da porra é esse, mininu! Comemorava o Marcelino.

Em agosto a Editora Terracota publicará uma coletânea com nossos melhores contos. Aliás, nossos e de alguns dos professores. Será bom ficar guardada para sempre, ali dentro, com todos eles. E eu volto para os dois módulos que me faltam, já que entrei no curso começado. Será uma nova turma, que ainda não conheço, mas espero que tão interessante, divertida e competente como a primeira.

E aqui fica um convite para quem também ama a arte de escrever. O site do curso é o http://terracotaeditora.com.br/pcl/  e ele pode ser feito como curso livre (um ano), ou pós-graduação  lato senso (um ano e meio). E venham confiantes, pois Carlos Andrade, doutor em letras e Claudio Brites, coordenador do curso afirmam: Queremos que essa pós seja referência no país. Só continuaremos com o curso se for muito bom. E eu tenho o orgulho de dizer que fiz parte da primeira turma e um pouco da segunda.

17 comentários:

  1. Viva, Valéria. É muito bom fazer parte desse projeto todo. Pela pegada e pela paixão, o Curso já é referência no Brasil. E pra mim, ficará marcado para sempre. Gostei mais do que imaginei no começo conversar com e instigar gente que tem paixão pela escrita. Sem dúvida, essa primeira turma fez história. Conhecer você, então, foi um privilégio: a aluna que já vendeu mais livros do que todos os professores juntos... he he...

    ResponderExcluir
  2. Valéria, valeu mesmo pela força. Vamos juntando nossas palavras! E, se me permite, vou postar seu post no site do curso. Afinal, para que criar um texto de apresentação, se tenho esse?

    ResponderExcluir
  3. Oi, Valéria,

    Concordo com você sobre o curso. Foi muito legal mesmo. A integração entre as pessoas, o que é raro neste meio, os professores deram um show durante as aulas, o espaço é muito legal, o café, com a mpaquina italiana, é ótimo.
    Os organizadores, Claudio Brites e Nelson de Oliveira, foram de uma responsabilidade ímpar. Quem fizer este curso vai sair formado, não apenas informado, não é, Carlos.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  4. Foi mesmo um privilégio aprender mais sobre escrita criativa e literatura com mestres generosos, competentes e provocadores, e ainda poder conhecer gente bacana e talentosa como você, Valéria. Espero muito em breve poder voltar e fazer os dois módulos que me faltam para concluir esse curso referência.

    ResponderExcluir
  5. Valéria, já sabia que estava amando o curso, mas você me deixou imensamente feliz com seus comentários. Show! Não vejo a hora de ver essa coletânea. Quero ir ao lançamento.

    ResponderExcluir
  6. Menina, que depoimento maravilhoso! Estou lisonjeado e comovido. Oxalá as próximas turmas tenham a mesma leveza e o mesmo entusiasmo da primeira. Estar entre pessoas apaixonadas por literatura é tudo o que eu peço aos deuses.

    ResponderExcluir
  7. Valéria, o curso que você fez me interessou muito. Faz tempo que procuro um curso voltado para o aperfeiçoamento da escrita. Não existia curso dessa natureza e eu fiquei bem feliz com a iniciativa do Espaço Terracota. Além de se tornar referência no país, espero que haja expansão desse curso para outras localidades, inclusive em Santa Catarina, onde vivo. Assim, eu poderei cursar. Muito obrigada por compartilhar aqui a sua experiência de fazer a pós-graduação e parabéns pela sua conclusão.

    Avise aqui quando a coletânea dos contos for lançada.Um abraço!

    ResponderExcluir
  8. É a Valéria mesmo? A mesma Valéria que fez eu ler um livro inteiro pela primeira vez ( e me emocionar), a mesma que mudou, sem exageros, minha vida? Mesmo?

    Desculpe não comentar coisas descentes, mas é que estou um pouco nervosa. Não sabes o quanto a procurei.

    Preciso tanto conversar com você, se você quiser e puder, claro

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá, acabei de ler seu livro, achei muito legal, você é uma pessoa com muita garra! PARABENS! e desculpa a pergunta, mas você tem quantos anos? Beeijos Lii

    ResponderExcluir
  10. Valéria,
    Gostei muito dessa informação.Sua motivação entusiasma qualquer aspirante a melhorar a escrita e mais delicioso ainda é saber dos bons relacionamentos que esse curso proporcionou.Aqui em Piracicaba há um grupo chamado GOLP (Grupo Oficina Literária de Piracicaba)que se reúne há anos para produzir prosa.Obviamente não tem o caráter "didático" do curso que vc fez, mas promove encontros produtivos.
    Beijinho e siga em frente!

    ResponderExcluir
  11. oi tenho 15 anos li seu livro quando tinha 12.Encontrei ele jogado num canto na casa de minha tia quando fui pra lá nas ferias.Depois daquela viagem é envolvente(parecia que eu estava lá com você,vivendo tudo aquilo)amei,já li umas 5 vezes pois quando minha tia se mudou pra minha cidade achei ele em uma das caixas de mudança(roubei ele pra mim)confesso fiquei muito triste da primeira vez que acabei de ler,não tinha encontrado seu blog ainda,mas este ano quando vi seu depoimento na novela viver a vida não pude acreditar,comecei a chorar,minha mãe que via a novela comigo ficou desesperada,nossa!você nem imagina como fiquei feliz!parabens venho pesquisando sobre você e me emocionei muito com tudo que você já fez!Você já faz parte da minhha vida e "you are welcome"bye.

    ResponderExcluir
  12. Valeria deixe-me apresentar-me, eu sou Daniel Angel Martinez e moro no Estado do México, tenho 19 anos quero apenas dizer que eu admiro muito seu trabalho e eu acredito que aqui no México, terá sempre a sua casa, para mim, você é muito forte e admirável.
    Eu escrevo especialmente porque me identifico com sua maneira de pensar e eu adoraria que eu não seja considerado como um fã, mas como um amigo e eu espero que sim.
    Eu comprei seu livro na escola e eu não vou mentir por um momento eu não dei muita importância, mas não foi até que eu leia o verso que eu estou interessado em lê-lo. qualquer interessado depois que eu fui mais para a sua história até que um dia nos disseram na escola que vieram ao México e dar uma palestra no Centro de Convenções de Tlalnepantla no Estado do México, e foi muito feliz em saber que eu poderia conhecê-lo Então, quando chegou o momento que todos os grupos de segundo ano na minha escola.
    hahaha Eu nunca vou esquecer o seu rosto para ver tantas pessoas na platéia e que eu mais gostei foi quando disse o quanto eu gosto de estar no México, devo dizer que eu nunca tive a chance de ir para o seu país, mas eu acho você deve gostar dele tanto quanto eu gosto do meu país e, embora mais do que tento falar com você naquele dia e eu não agora, depois de tantos anos como eu que recebem estas palavras e sei que graças a você, hoje, é como cuidar e como lutar por meus objetivos, espero falar com você em algum momento, tenho de confessar e não falam Português e meu Inglês é muito ruim, mas eu ainda gostaria de poder falar com você em algum momento, mas não se você nunca leu mesmo isso, mas não perca a esperança, por isso vou dar o meu mensageiro para que você pode enviar uma resposta se você ler isso, obrigado por tudo e até breve valeria
    DNAngelius05@hotmail.com

    ResponderExcluir
  13. Olá Valéria,
    Nossa, muito interessante essa pós. Fiquei apaixonada aqui, deve ser o máximo...!
    Quem sabe um dia eu faça algo do tipo? Tenho muita vontade pois gosto bastante de escrever, apesar de não ter nada a ver com a área profissional que escolhi. Sempre que posso visito seu blog,leio seus textos... são todos muito bons =)

    ResponderExcluir
  14. Olá Valéria,

    Nossa, muito legal essa pós! Fiquei apaixonada aqui rsrs... Deve ser muito bom poder se aperfeiçoar, trocar ideias... Quem sabe eu faça algo parecido um dia? Apesar de não ter muito a ver com a área profissional que escolhi seguir, gosto muito de escrever.

    Sempre que posso entro no seu blog... seus textos são sempre ótimos...

    Bjos

    ResponderExcluir
  15. Ola,
    SOU UMA JOVEM DE 15 ANOS,MORO NO
    ESTADO DE PERNAMBUCO ,NA CIDADE DE
    CARUARU E NUNCA ENCONTREI UM LIVRO IGUAL AO SEU ME IMPRESSIONEI AO LER SUA HISTÓRIA PARABÉNS CONTINUE SEMPRE ASSIM FAZENDO COM QUE MUITOS JOVENS COMO EU CONTINUE LENDO OS SEUS LIVROS, PRINCIPALMENTE ESSE LIVRO QUE É UMA GRANDE REALIDADE.
    PARABÉNS....

    ResponderExcluir
  16. Valéria adorei o seu livro " Depois daquela Viagem" achei ótimo a sua história . Parabéns! Estou recomendado para todos os meus amigos , porque além de ser um livro ótimo , tem uma história super boa . Meus Parabéns Mesmo ! =)

    ResponderExcluir
  17. valeria fiquei impressionada com o seu livro: depois daquela viagem li em dois dias e fiquei tão apaixonado por sua historia parece que eu estava vivendo tudo aquilo. Na mesma noite ao terminar de ler toda a historia acabei sonhando que era comigo.Te admiro muito e desejo tudo de bom que você continue ajudando todos que precisarem da sua força.beijos te adoro.

    ResponderExcluir