6 de dez de 2016

Documentário sobre a história da aids, "35/20: do Pânico à esperança"

Como vivem hoje os soropositivos, 35 anos depois dos primeiros registros dos casos de aids? Como estão essas pessoas que tomam o coquetel há 20 anos? Como foi viver com o HIV no começo da epidemia e como é viver agora? Como os jovens estão lidando com essa realidade?


Eu sendo entrevistada por Dario Menezes

De tudo isso fala o documentário: “35/20: Do Pânico à Esperança”, do autor e diretor Dario Menezes, da Globonews. Ele refaz a história da epidemia a partir de depoimentos de pessoas que vivem com a doença no Brasil. É possível conhecer detalhes da vida de personagens que se infectaram nos primeiros anos da epidemia e também dos que souberam do diagnóstico recentemente.


Valéria vivendo com hiv há 30 anos, tomando coquetel há 20

O autor teve o cuidado de selecionar diferentes personagens e histórias. Há o meu caso, que me infectei na adolescência e de Cazu Barros, que também convive com o vírus a quase 30 anos. O depoimento de Ruggery Gutto que é das forças armadas e Gabriel Comicholi, jovem que depois de se descobrir com hiv resolveu criar o  canal HDiário, do Youtube onde conta sua experiência . 




Gabriel, youtuber que conta sua experiência
 no HDiário
Ruggery, das forças armadas


Há ainda uma mãe que fala da dificuldade que viveu ao descobrir que seu filho se  infectou  pela amamentação. E os garotos da Fundação Poder Jovem contaram como é nascer com o vírus e enfrentar a rebeldia nesta fase da vida.


Vale à pena assistir!!

Para assistir ao documentário acesse o link:

 “35/20: Do Pânico a Esperança”

A senha é:  aids



9 comentários:

  1. Olá, Valéria. Tudo bem? Eu li seus livros ("Depois daquela viagem" e "Papo de garota") quando adolescente. Hoje eu tenho 30 anos e ainda acredito na importância deles na orientação dos jovens quanto ao sexo e relações humanas. Por isso, no meu primeiro livro ("Confissões de uma adolescente grávida"), lançado há poucas semanas, eu menciono "Depois daquela viagem". Ele é narrado em primeira pessoa por uma adolescente que descobre a gravidez e fica surpresa. Ela percebe que precisa enfrentar o julgamento de muita gente enquanto passa pelo último ano do ensino médio, questões sobre a formatura e vestibular, vê que o namorado fez uma nova amiga na faculdade e tenta se acostumar com a maternidade. E o seu livro a faz perceber como, por mais que não pareça, ela é uma garota de muita sorte. O lançamento foi na Biblioteca de São Paulo, na zona norte da cidade. Eu gostaria de saber se existe a possibilidade de eu enviar um exemplar de presente para você.
    Beijos.

    https://www.youtube.com/watch?v=fiio5DMsZnc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Oi, Graciele, que legal que você escreveu um livro falando sobre a gravidez na adolescência.
      E fico muito feliz de ter, de alguma, forma participado da sua história. Estou curiosa para lê-lo.

      Excluir
  2. Hi Valeria. Today i finished to read your book and i have 22 yrs old just like you in that time. Is a wonderful book i will recommended it to everyone. Blessings! i love the way you write! Cheers from Venezuela

    ResponderExcluir
  3. Hola Valeria! Estaba a punto de ver el documental, pero la contraseña ya no está funcionando (?) Es una pena. Si hay una forma de verlo o hay una nueva contraseña, por favor publiquela...

    Gracias! ♥

    ResponderExcluir
  4. Greetings Valeria... My name is Arturo Ramirez, from mexico city, my girlfriend of mine recommended your book "Why me?" and i liked it a lot.
    Is there any chance for me to contact you through Facebook, Twitter or email since my girlfriend is a fan of yours and her dream is to meet to or just talk to you.
    Thanks so much for your wonderful book and in any case my email is arez_97@hotmail.com we will be anxiously waiting for your answer

    ResponderExcluir
  5. Oie Valéria,meu nome e Shayane tenho 14 anos peguei seu livrO DEPOIS DAQUELE VIAGEM na sala de leitura da minha escola confesso que no começo do livro achei que seria nada legal ele (Não sou acostumada a ler muito)Ai eu continuem lendo e tal ainda não termine estou no capítulo 10 sério em todos os livros que eu já peguei na sala de leitura da minha escola o seu foi o melhor super me interessei no livro to amando.Estou no 8 ano na escola e esse ano e no ano que vem vou ter que fazer Tca que e obrigatório e através do seu livro pensei em falar sobre a ADIS que eu estava sem tema para falar e quando eu peguei seu livro e comecei a ler achei super interessante falar sobre a AIDS.adorei a forma que vc escreve seu livro.agora estou querendo ler PAPO DE GAROTA mais não acho de qualquer jeito e qual eu acho minha mãe não compra e bem difícil.Mais to adorando ler Depois daquela viagem.
    Parabéns ótimo livro ❤

    ResponderExcluir
  6. Hola Valeria! Mi nombre es Patricia y tengo 25 años, es la segunda vez que leo tu libro... La primera fue cuando tenía 16 años y realmente me encanto la forma en que narrabas tu historia, pero hoy 9 años después mi interpretación fue diferente y quise saber de ti. Realmente te admiro por todo el valor y la fuerza que tienes para seguir adelante, para no derrumbarte ante aquel suceso. Me alegra mucho que estés bien y gracias por demostrarme que la valentía parte de uno, que no importa cuán adversa sea la vida, siempre habrá una luz después de tanta oscuridad. Un beso y un abrazo desde Perú!

    ResponderExcluir